Busca avançada
Ano de início
Entree


Perfil demográfico e estimativas de paridade dos Guarani nas regiões Sul e Sudeste do Brasil

Autor(es):
Sofia Pereira Madeira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Beatriz Rocha Ferreira; Tirza Aidar
Orientador: Marta Maria do Amaral Azevedo
Resumo

Os povos indígenas no Brasil e na América Latina estão em processo de crescimento populacional, apesar das previsões pessimistas que apontavam seu desaparecimento. Nas últimas décadas, a população indígena brasileira tem crescido, em média, 3,5% ao ano, mais que o dobro da média nacional, o que se deve ao regime de elevada fecundidade e moderada mortalidade. Os povos guarani também vivenciam esse processo de "recuperação demográfica", entre os quais é possível observar uma estrutura sócio-cultural que sustenta um comportamento reprodutivo específico, tendo em vista que estes povos têm como base de sua organização social, econômica e política a formação de famílias extensas, isto é, grupos macro familiares que detêm formas de organização da ocupação sócio-espacial no interior dos territórios (tekoha) segundo relações de parentesco e afinidade. A constituição de uma prole numerosa configura um regime de alta fecundidade, fator preponderante na manutenção cultural e numérica dos povos guarani, o que nos levou a investigar os fatores sociocosmológicos, culturais e históricos explicativos deste perfil - em diálogo com uma importante bibliografia. Assim, a fim de conhecer a relação entre a dinâmica populacional e a cultura guarani, procuramos descrever e analisar o perfil demográfico dos Guarani nas regiões Sul e Sudeste do Brasil e estimar a paridade de suas mulheres em idade reprodutiva, procurando compreender demográfica e antropologicamente o comportamento desta população em comparação com o contingente autodeclarado indígena nos censos brasileiros de 1991 e 2000 e ainda com os resultados encontrados entre outros povos indígenas no Brasil. Desse modo, foi possível traçar significativas semelhanças entre o comportamento demográfico guarani nas regiões Sul e Sudeste do país e aquele encontrado entre povos e indivíduos com filiação étnica específica (AU)

Processo FAPESP: 08/56909-9 - Saude reprodutiva e fecundidade entre as mulheres guarani no estado de sao paulo
Beneficiário:Sofia Pereira Madeira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado