Busca avançada
Ano de início
Entree


Uma perspectiva enunciativa das relações entre linguagem e memoria no campo da neurolinguistica

Autor(es):
Fernanda Miranda da Cruz
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Estudos da Linguagem
Data de defesa:
Orientador: Edwiges Maria Morato
Resumo

Ancorada em uma perspectiva sócio-cultural da cognição humana, procuro mostrar que as relações de solidariedade existentes entre linguagem e memória se constituem por um feixe de processos integrados: cognitivos, biológicos, culturais e lingüísticos. Dessa forma, a reflexão sobre a memória exige o reconhecimento de relações que extrapolam a dimensão cortical ou cognitiva a ela tradicionalmente reservadas. Nesta Dissertação, a análise de diferentes circunstâncias enunciativo-discursivas, como as tradicionais avaliações neuropsicológicas baseadas em testes-padrão, alguns relatos de médicos sobre seus pacientes com alterações de linguagem e de memória e situações interlocutivas com sujeitos com afasia e neurodegenerescência evidenciou os diferentes modos de investigar, relacionar e conceber as relações entre linguagem e memória. A contraposição dessas distintas circunstâncias enunciativo-discursivas nos permite salientar que a natureza e os modos de existência e de funcionamento das relações entre linguagem e memória estão na dependência de vários processos de significação. Estão, portanto, na dependência de nossas práticas com linguagem. (AU)

Processo FAPESP: 01/12427-1 - O metadiscurso clínico sobre a memória e o discurso da memória: implicações para a Neurolinguística
Beneficiário:Fernanda Miranda da Cruz
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado