Busca avançada
Ano de início
Entree


Bairros negros do Vale do Ribeira : do "escravo" ao "quilombo"

Autor(es):
Maria Celina Pereira de Carvalho
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Fernando Antonio Lourenço; Emilia Pietrafesa de Godoi; Renata Medeiros Paolielo; Mariana Pantoja Franco
Orientador: Mauro William Barbosa de Almeida
Resumo

No Vale do Ribeira, em São Paulo, existem algumas dezenas de bairros negros que atualmente reivindicam o reconhecimento como ?remanescente de quilombo?. Nessa região, durante os anos de escravidão no Brasil, formaram-se ?áreas livres?, nas quais negros fugitivos, juntamente com negros abandonados após o declínio do ciclo minerador na região, formaram agrupamentos que deram origem a esses bairros. Entre estes, estão São Pedro e Galvão, fundados por um africano chamado Bernardo Furquim, que chegou à região com um grupo de fugitivos e fundou um grupo de descendência cognática, incorporando parentelas de grupos já estabelecidos e fugitivos que continuaram chegando. Dessa forma, contribui para a formação de um povo local, relativamente fechado do ponto de vista demográfico. Em suma, Bernardo Furquim, liderando e agrupando africanos desgarrados em um território livre, foi capaz de fundar algo parecido a um pequeno reinado africano em pleno Brasil (AU)

Processo FAPESP: 00/06436-5 - Comunidades negras do Vale do Ribeira: territorialidade e a invenção do quilombo
Beneficiário:Maria Celina Pereira de Carvalho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado