Busca avançada
Ano de início
Entree


Estudos visando a elucidação estrutural do alcaloide parviestemoamida : sintese (+/-)-10-epi- parviestemoamida

Autor(es):
Giovanni Bernardi Rosso
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química
Data de defesa:
Membros da banca:
Claudio da Cruz Silveira; Timothy John Brocksom; Lucia Helena Brito Baptistella; Paulo Mitsuo Imamura
Orientador: Ronaldo Aloise Pilli
Resumo

(-)-Parviestemoamida, um alcalóide membro do gênero Estemona foi isolado por Xu e col. em 1991 como constituinte minoritário das raízes de Stemona parviflora. Extratos da família Stemonaceae têm sido usados na medicina popular Chinesa e Japonesa como inseticida e anti-helmíntico em animais domésticos e no tratamento de desordens respiratórias como bronquite e tuberculose em humanos. Durante revisão da literatura encontramos duas diferentes estruturas para o alcalóide Parviestemoamida representadas por 1 ou 2 (figura 1). Desta forma nos propusemos a estabelecer de forma inequívoca por síntese total, a estrutura do alcalóide parviestemoamida. A estratégia empregada consistiu inicialmente na reação de adição tipo Michael entre o 3-metil-2-sililoxidieno 20, preparado em 99% de rendimento a partir da 3-metil-2(5H)-furanona (21) disponível comercialmente, à acrilonitrila fornecendo o sistema d-butirolactônico 3,5-disubstituído (±)-18 em 91% de rendimento. Tratamento da lactona a,b-insaturada(±)-18 com o nitroéster 19 em DBU (0,1 equiv.)/CH3CN/ta forneceu (±)-49 em 60% de rendimento como uma mistura equimolar de diastereisômeros em C9a. O composto (±)-17 foi obtido como um único diastereoisômero pela reação de (±)-18 com o nitroéster 19 na presença de 2 equiv. de DBU sobre condições de refluxo através de uma reação tipo Michael-Nef "one-pot" ou através de condições oxidativas (KMnO4/SiO2) a partir de (±)-49. A determinação da estereoquímica em (±)-49 foi efetuada após sua conversão na cetona (±)-17. A obtenção do esqueleto do alcalóide parviestemoamida foi alcançada através da hidrogenação dos grupos ciano e ceto contidos em (±)-17 empregando PtO2/AcOH seguido de "work-up" alcalino fornecendo (±)-10-epi-1 e (±)-2 como uma mistura de epímeros na proporção de 5:1 em C9a (Esquema 1). A configuração relativa do produto majoritário (±)-10-epi-1 foi estabelecida por experimentos de nOe. Comparação com os dados de RMN de H de (±)-10-epi-1 com os dados fornecidos para o produto natural revelaram boa concordância, exceto para os dados de RMN de C referentes ao grupo metila em C10 (3,1 ppm deslocados para campo alto em (±)-10-epi-1) e para os carbonos carbonílicos. Em resumo, efetuamos a obtenção de (±)-10-epi-1 através de uma rota eficiente empregando 3 reações de Michael nas etapas-chave. Os três estereocentros contidos no sistema lactônico foram obtidos simultaneamente com total diastereosseletividade a partir de (±)-18. A estrutura representa como (±)-10-epi-1 foi obtida em 5 etapas e 8% de rendimento a partir de (±)-49, e em 4 etapas e 11% de rendimento global a partir de (±)-18. (AU)

Processo FAPESP: 00/03692-0 - Estudos visando a síntese de alcaloides (+/-)-parviestemoamida e (+/-)-estemoamida
Beneficiário:Giovanni Bernardi Rosso
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado