Busca avançada
Ano de início
Entree


Pneumovirus aviario (PVA): detecção por RT-PCR quimioluninescente e caracterização dos isolados brasileiros por analise com enzimas de restrição e sequenciamento

Autor(es):
Maria Angela Gomes de Castro Dani
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologia
Data de defesa:
Membros da banca:
Edison Luiz Durigon; Helio Jose Montassier
Orientador: Clarice Weis Arns
Resumo

Pneumovírus aviário (PVA) causa infecção aguda no trato respiratório em perus (rinotraqueítedos perus) e galinhas (síndrome da cabeça inchada) com início abrupto e disseminação rápida. Neste estudo, foi padronizada a reação de RT-PCR quimioluminescente para detecção de um transcrito do gene F do PVA em dois isolados europeus e dois isolados brasileiros. Foram realizadas PCRs de diluição limitante utilizando-se RT-PCR quimioluminescente e "nested PCR" (nPCR) para a comparação quanto à sensibilidade e especificidade entre as metodologias na detecção de PVA. A sensibilidade e especificidade da RT-PCR quimioluminescente foram semelhantes às da nPCR e 100 vezes mais sensível que uma única PCR. O seqüênciamento dos produtos de 175 pb do gene F revelaram 100% de homologia com seqüências depositadas no banco de dados. Em seguida foi realizada a caracterização dos isolados brasileiros através de RT-PCR, análise com enzimas de restrição e seqüênciamento automático de um fragmento do gene G. Os produtos de 600 pb correspondentes aos primeiros 600 nucleotídeos do gene G dos isolados SHS BR 119 e SHS BR 121 revelaram 99% de similaridade com 3 isolados do subgrupo A e 87% de similaridade com isolados do subgrupo B depositadas no banco de dados (AU)

Processo FAPESP: 96/06271-9 - Pneumovírus aviário (PVA): padronização da reação de imunoquimioluminescencia RT-PCR e avaliação de diversidade genética pela reação de sscp-pcr em diferentes isolados
Beneficiário:Maria Angela Gomes de Castro Dani
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado