Busca avançada
Ano de início
Entree


O modelo do potencial simples como criterio para avaliação da qualidade de cargas atomicas

Autor(es):
Roberto Luiz Andrade Haiduke
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química
Data de defesa:
Orientador: Roy Edward Bruns
Resumo

A qualidade das cargas de Mulliken, Bader, CHELPG e GAPT tanto como das derivadas médias do momento dipolar obtidas de medidas de intensidades fundamentais do infravermelho em fase gasosa é determinada usando o modelo potencial simples originalmente proposto por Siegbahn. Mais de trinta moléculas contendo átomos de carbono em diferentes estados de hibridização (sp3,sp2 e sp) foram estudadas. As cargas atômicas foram calculadas com funções de onda 6-311 ++G(3d,3p) e métodos ab initio MP2 e funcional de densidade B3LYP para incluir correlação eletrônica. A importância da relaxação da densidade de carga na ionização foi estudada pelo cálculo de energias de relaxação no nível HF/6-311 ++G(3df,3p). A análise do critério do modelo potencial simples mostra que as cargas GAPT e as derivadas médias do momento de dipolo são capazes de descrever o potencial eletrostático nas proximidades do núcleo de carbono de maneira mais adequada que os demais modelos de carga. O modelo do potencial simples é também usado para mostrar que a regra da soma das energias de ionização do orbital 1s do carbono pode ser expressa em termos das cargas GAPT ou derivadas médias do momento de dipolo. (AU)

Processo FAPESP: 97/07423-0 - O modelo do potencial simples como critério para avaliação da qualidade de cargas atômicas
Beneficiário:Roberto Luiz Andrade Haiduke
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado