Busca avançada
Ano de início
Entree


Vestidas e afeitas para serem virtuosas : as mulheres na Castela dos séculos XIV e XV

Texto completo
Autor(es):
Thiago Henrique Alvarado
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria de Fátima Reis; Ana Paula Tavares Magalhaes
Orientador: Susani Silveira Lemos França
Resumo

Na Castela dos séculos XIV e XV, as vestimentas e adornos das mulheres passaram a ser alvo de uma série de prescrições que visavam à sua moralização. Monarcas, procuradores das cidades, confessores e tratadistas alegavam que havia diversos excessos no vestir e adornar das mulheres que colocavam em risco não apenas a sua salvação e a de seus maridos, mas igualmente a ordem natural das coisas e o bem comum do reino. O desenvolvimento das cidades, a retomada comercial e a circulação de diversos bens, como os tecidos oriundos de outras regiões, propiciaram maior variação nas formas de se vestir e menor fixidez nos vestuários dos diversos estamentos que compunham a sociedade. Durante esse período, foram comuns as queixas e as críticas de que certas mulheres não deixavam transparecer seu interior, pois, ao se afeitarem em demasia e não se vestirem conforme a disposição dada por Deus, embaralhavam as referências, ficando predispostas ao vício, predispondo outros a pecar e favorecendo confusões entre os estados. Com o intuito de evitar tais faltas, foram estabelecidas, durante os dois séculos, diversas leis e regras por meio das quais as mulheres deveriam se guiar e serem guiadas por seus responsáveis para alcançarem um uso moderado, virtuoso e proveitoso dos vestidos e afeites. A partir dos problemas apontados em diversos escritos da época, normativos e edificantes, a proposta central da pesquisa é inquirir sobre os valores e as especificações que deveriam pautar a conduta das caste... (AU)

Processo FAPESP: 14/08232-0 - A moral da indumentária das mulheres na Castela dos séculos XIV e XV
Beneficiário:Thiago Henrique Alvarado
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado