Busca avançada
Ano de início
Entree


Avaliação do potencial de nanopartículas lipídicas sólidas catiônicas para incorporação de curcumina no tratamento tópico do melanoma

Autor(es):
Maíra Lima Gonçalez
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Farmacêuticas.
Data de defesa:
Membros da banca:
Daniele Ribeiro de Araújo; Clóvis Augusto Ribeiro
Orientador: Marlus Chorilli
Resumo

Dos tumores cutâneos, o melanoma é o menos frequente, porém com maior letalidade. Muitas pesquisas têm sido realizadas com intuito de encontrar substâncias oriundas de fontes naturais com ação terapêutica no tratamento do melanoma, tal como a curcumina (CUM). No entanto, o uso clínico da CUM enfrenta muitos desafios, relacionados à alta lipofilicidade, instabilidade em preseça de luz e à baixa biodisponibilidade oral. Assim, sua administração cutânea pode ser conveniente, a fim de localizá-la no seu sítio de ação. Estratégias tecnológicas, como as nanopartículas lipídicas sólidas catiônicas (NLSCs), que apresentam a capacidade de compartimentalizar, de maneira eficiente, fármacos lipofílicos e de modificar suas propriedades e comportamento em meio biológico, apresentando, também, um efeito protetor e sustentador da liberação de fármacos, podem ser utilizadas para incorporação da CUM. Além disso, a carga positiva apresentada por estes sistemas pode favorecer o direcionamento para as células cancerosas, que possuem alta densidade de carga negativa. A composição das NLSCs, em relação à proporção de lipídeos e tensoativos usados, foi estabelecida através de um estudo de planejamento fatorial 22 com ponto central, sendo a fase lipídica composta por ácido esteárico - NLSC-1-, Compritol 888 ATO -NLSC-3- ou a mistura desses lipídios na proporção 1:1 -NLSC-2-; sendo estabilizadas pelos tensoativos Poloxamer 407 e brometo de cetrimônio. Fotomicrografias obtidas por microscopia de força atômica e por microscopia eletrônica de varredura com efeito de campo mostraram que os sistemas desenvolvidos tratam-se de dispersões de partículas esféricas com tamanho na escala de nanômetros; a calorimetria diferencial exploratória indicou que os componentes das formulações interagiram para formação do sistema e... (AU)

Processo FAPESP: 13/20267-1 - Avaliação do potencial de Nanoparticulas Lipídicas Sólidas catiônicas para incorporação de curcumina no tratamento tópico do melanoma
Beneficiário:Maíra Lima Gonçalez
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado