Busca avançada
Ano de início
Entree


A definição de verdade em Tomás de Aquino : um estudo sobre De veritate, 1, 1 e Summa Theologiae, I, 16, 1

Texto completo
Autor(es):
Matheus Barreto Pazos de Oliveira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Data de defesa:
Orientador: Márcio Augusto Damin Custódio
Resumo

Esta tese tem por escopo analisar a definição de verdade em Tomás de Aquino. Para tanto, investigaremos a definição de verdade em dois textos, a saber: De veritate 1, 1 e Summa Theologiae, I, 16, 1. Nesses textos, Tomás estabelece que a verdade consiste na adequação da coisa e do intelecto. Ao examinar esta definição de verdade, pretendemos explicitar os pressupostos que constituem a escolha de Tomás por esta definição. Em De veritate, 1, 1, a definição de verdade encontra-se inserida na apresentação das noções gerais do ente. Esta apresentação, contudo, não faz parte da discussão presente em Summa Theologiae, I, 16, 1. Apesar dessa diferença, a definição da verdade como adequação da coisa e do intelecto é mantida por Tomás nos dois textos. Na investigação desses textos, visamos apresentar a maneira pela qual Tomás limita a definição de verdade no contexto da apresentação das noções gerais do ente em De veritate 1, 1 e, a despeito de não utilizar os mesmos pressupostos em Summa Theologiae I, 16, 1, opta por manter a definição de verdade como adequação da coisa e do intelecto (AU)

Processo FAPESP: 13/04718-3 - A definição de verdade em Tomás de Aquino: um estudo sobre De Veritate, 1, 1 e Summa Theologiae, I, 16, 1
Beneficiário:Matheus Barreto Pazos de Oliveira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado