Busca avançada
Ano de início
Entree


"Grandiosos batuques" : identidades e experiências dos trabalhadores urbanos africanos de Lourenço Marques (1890-1930)

Texto completo
Autor(es):
Matheus Serva Pereira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Data de defesa:
Orientador: Lucilene Reginaldo
Resumo

Os chamados "batuques" praticados no espaço urbano e nos arredores de Lourenço Marques ¿ atual Maputo, capital de Moçambique ¿, entre as décadas de 1890 e 1940, são tomados como objeto e, ao mesmo tempo, como uma janela privilegiada para o mundo das experiências cotidianas daqueles classificados pelo linguajar colonial português como "indígenas". No bojo do processo da colonização portuguesa foram elaboradas categorias classificatórias que, do ponto de vista social e jurídico, visaram criar homogeneizações e controlar as populações sob o domínio português. No entanto, essas categorizações forjadas pelo discurso colonial não deram conta da multiplicidade das vivências cotidianas das populações nativas do Sul de Moçambique. Nesse sentido, a pesquisa pretendeu investigar as experiências e as reinvenções criativas daqueles indivíduos classificados como indígenas no jogo cotidiano que estabeleceram com as formas de poder construídas e implementadas pelo colonialismo português na região (AU)

Processo FAPESP: 13/11516-8 - "Grandiosos batuques": identidades e experiências dos trabalhadores urbanos africanos de Lourenço Marques (1890-1930).
Beneficiário:Matheus Serva Pereira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado