Busca avançada
Ano de início
Entree


Providing robustness to non-robust workflow schedulers to uncertainties of available bandwidth = Provendo robustez a escalonadores de workflows sensíveis às incertezas da largura de banda disponível

Texto completo
Autor(es):
Thiago Augusto Lopes Genez
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Computação
Data de defesa:
Resumo

Para que escalonadores de aplicações científicas modeladas como workflows derivem escalonamentos eficientes em nuvens híbridas, é necessário que se forneçam, além da descrição da demanda computacional desses aplicativos, as informações sobre o poder de computação dos recursos disponíveis, especialmente aqueles dados relacionados com a largura de banda disponível. Entretanto, a imprecisão das ferramentas de medição fazem com que as informações da largura de banda disponível fornecida aos escalonadores difiram dos valores reais que deveriam ser considerados para se obter escalonamentos quase ótimos. Escalonadores especialmente projetados para nuvens híbridas simplesmente ignoram a existência de tais imprecisões e terminam produzindo escalonamentos enganosos e de baixo desempenho, o que os tornam sensíveis às informações incertas. A presente Tese introduz um procedimento pró-ativo para fornecer um certo nível de robustez a escalonamentos derivados de escalonadores não projetados para serem robustos frente às incertezas decorrentes do uso de informações imprecisas dadas por ferramentas de medições de rede. Para tornar os escalonamentos sensíveis às incertezas em escalonamentos robustos às essas imprecisões, o procedimento propõe um refinamento (uma deflação) das estimativas da largura de banda antes de serem utilizadas pelo escalonador não robusto. Ao propor o uso de estimativas refinadas da largura de banda disponível, escalonadores inicialmente sensíveis às incertezas passaram a produzir escalonamentos com um certo nível de robustez às essas imprecisões. A eficácia e a eficiência do procedimento proposto são avaliadas através de simulação. Comparam-se, portanto, os escalonamentos gerados por escalonadores que passaram a usar o procedimento proposto com aqueles produzidos pelos mesmos escalonadores mas sem aplicar esse procedimento. Os resultados das simulações mostram que o procedimento proposto é capaz de prover robustez às incertezas da informação da largura de banda a escalonamentos derivados de escalonardes não robustos às tais incertezas. Adicionalmente, esta Tese também propõe um escalonador de aplicações científicas especialmente compostas por um conjunto de workflows. A novidade desse escalonador é que ele é flexível, ou seja, permite o uso de diferentes categorias de funções objetivos. Embora a flexibilidade proposta seja uma novidade no estado da arte, esse escalonador também é sensível às imprecisões da largura de banda. Entretanto, o procedimento mostrou-se capaz de provê-lo de robustez frente às tais incertezas. É mostrado nesta Tese que o procedimento proposto aumentou a eficácia e a eficiência de escalonadores de workflows não robustos projetados para nuvens híbridas, já que eles passaram a produzir escalonamentos com um certo nível de robustez na presença de estimativas incertas da largura de banda disponível. Dessa forma, o procedimento proposto nesta Tese é uma importante ferramenta para aprimorar os escalonadores sensíveis às estimativas incertas da banda disponível especialmente projetados para um ambiente computacional onde esses valores são imprecisos por natureza. Portanto, esta Tese propõe um procedimento que promove melhorias nas execuções de aplicações científicas em nuvens híbridas (AU)

Processo FAPESP: 12/02778-6 - Escalonamento dinâmico de múltiplos workflows para provedores de SaaS/PaaS considerando dois níveis de SLA
Beneficiário:Thiago Augusto Lopes Genez
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado