Busca avançada
Ano de início
Entree


Gênese de horizontes Bt da Formação Marília (Cretáceo Superior)

Texto completo
Autor(es):
Diego Sullivan de Jesus Alves
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geoci?ncias
Data de defesa:
Orientador: Alessandro Batezelli
Resumo

A caracterização petrofísica é uma etapa importante nos trabalhos de exploração, uma vez que permite compreender as heterogeneidades dos corpos reservatórios, com o objetivo de aumentar o fator de recuperação dos campos de petróleo. Aliado a análise de fácies, a petrofísica permite identificar as variações laterais e verticais de porosidade e permeabilidade, resultando na compreensão tridimensional dos reservatórios. Afim de elaborar um modelo análogo de reservatório de hidrocarbonetos, foi estudada uma seção estratigráfica da Formação Marília no Oeste de Minas Gerais (Triângulo Mineiro), por meio da descrição de fácies e estudos petrofísicos. A área de estudo compreende exposições de arenitos e conglomerados formados em ambiente fluvial, com diferentes graus de cimentação e intercalados com paleossolos. Fácies e paleossolos foram agrupadas em elementos arquitetônicos Aeo, OF e CH que serviram para entender a organização espacial dos corpos arenosos, bem como heterogeneidades interestratais. Amostras coletadas em diferentes níveis estratigráficos foram analisadas em laboratório por meio de técnicas convencionais (porosímetro e permeâmetro), Tomografia Computadorizada de Raios-X (CT) e cálculos de densidade dos minerais, a fim de identificar a porosidade e permeabilidade intraestratal. A partir dos resultados, foram determinados o valor da porosidade absoluta e conectividade do espaço poroso, validando o método como uma ferramenta consistente para a análise quantitativa e qualitativa do espaço poroso em rochas heterogêneas. Por fim foi elaborado um modelo de reservatório análogo discutindo as variações de porosidade e permeabilidade em diferentes escalas e relacionando-as às condições paleodeposicionais e paleopedogenéticas (AU)

Processo FAPESP: 15/17632-5 - Sedimentação e pedogênese das sequencias continentais Cretáceas das bacias Bauru, Sanfranciscana, Parecis e Neuquén.
Beneficiário:Alessandro Batezelli
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular