Busca avançada
Ano de início
Entree


Seqüenciamento de genes expressos em larvas infestantes e ninfas de Boophilus microplus Canestrini, 1887 (Acari: Ixodidae)

Autor(es):
Costa, Gustavo Henrique Nogueira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Jaboticabal. [2004]. xiv, 78 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias
Data de defesa:
Membros da banca:
Ferro, Jesus Aparecido; Machado, Rosangela Zacarias; Giachetto, Poliana Fernanda
Orientador: Ferro, Jesus Aparecido
Área do conhecimento: Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos Athena
Localização: Universidade Estadual Paulista. Campus de Jaboticabal. Biblioteca da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinária; 619:616.995.42(043)=690; C837s
Resumo

Boophilus microplus é o ectoparasita mais disseminado no mundo, causando prejuízos anuais de aproximadamente dois bilhões de dólares para a bovinocultura nacional. Em virtude das poucas informações disponíveis na literatura sobre o genoma de B. microplus, objetivou-se neste projeto realizar o seqüenciamento de genes expressos (ESTs) nos estágios da larva infestante e de ninfa, que são as duas fases iniciais do ciclo evolutivo do carrapato. As ESTs foram produzidas a partir de seis bibliotecas de cDNA, sendo três para larvas infestantes e três para ninfas de carrapato. Estas seqüências foram analisadas pelos programas Phred, Cross-Match e Cap3 para avaliação da qualidade das bases e clusterização. A análise dos dados resultou em 8.487 ESTs válidas, sendo 4.137 ESTs para as bibliotecas de larvas infestantes e 4.350 ESTs para as bibliotecas de ninfas de carrapato bovino. Todas as seqüências consenso dos "clusters" e dos "singletons" foram comparadas com as seqüências depositadas nos bancos de dados internacionais ("GenBank") e posteriormente classificadas em 10 categorias propostas pelo TIGR ("The Institute for Genomic Research") de acordo com sua função biológica. A categorização demonstrou que quase 39% de todos os genes analisados foram de proteínas hipotéticas conservadas e proteínas sem similaridade com os bancos de dados consultados. Os 61% restantes permitiram identificar genes envolvidos com o metabolismo, transporte, expressão gênica, estrutura celular, proteínas nucleares e outras com freqüências muito baixas de aparecimento. A análise das proteínas codificadas por estes genes deverá proporcionar subsídios valiosos para um melhor entendimento da biologia deste parasita, bem como possibilitar, numa etapa posterior, a descoberta de possíveis genes candidatos ao desenvolvimento de novos métodos de controle. (AU)

Processo FAPESP: 01/13355-4 - Sequenciamento de genes expressos em lavras infestantes e ninfas de boophilus microplus canestrini, 1887 (acari: ixodidae).
Beneficiário:Gustavo Henrique Nogueira Costa
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado