Busca avançada
Ano de início
Entree


Detecção viral por métodos moleculares em amostras liquóricas de pacientes com infecção do SNC

Autor(es):
Torres, Laura Patricia Mendoza
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Ribeirão Preto. [2005]. 71 f.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Data de defesa:
Membros da banca:
Figueiredo, Luiz Tadeu Moraes; Arruda Neto, Eurico; Pinto, Aramis Augusto
Orientador: Figueiredo, Luiz Tadeu Moraes
Área do conhecimento: Ciências Biológicas - Microbiologia
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS
Localização: Universidade de São Paulo. Biblioteca Central do Campus de Ribeirão Preto; FMRP/Torres, Laura Patricia Mendoza
Resumo

Neste estudo foi realizado o diagnóstico laboratorial das infecções virais mais frequentes que acometem o SNC utilizando métodos da reação em cadeia pela polimerase (PCR). Estudou-se liquores de 200 pacientes apresentando sintomas clínicos meningite, encefalite, meningoencefalite, polineurite e mielite. As amostras foram analisadas por Multiplex-PCR (M-PCR) para Herpesviridae, RT-nested-PCR (RT-N-PCR) para Enterovirus, e MUltiplex-RT-nested-PCR (M-RT-N-PCR) para Aphavirus e Flavivirus. Genoma viral foi detectado em 43 (23,34%) amostras de liquor incluindo, Enterovirus em 22/194(11,34%) amostras; CMV em 12/200 (6%) amostras; HSV-1 em 10/200 (5%) amostras; VZV e EBV em 1/200 (0,5%) amostra cada um. Também foram detectadas três co-infecções, uma de CMV e HSV-1 e duas de CMV e Enterovirus. Nenhuma das amostras foi positiva para Alphavirus e Flavivirus. Infecções virais do SNC foram detexctadas em pacientes de todas as idades. Os Enterovirus forasm detectados com maior frequência. Infecções do SNC por estes vírus geralmente são subestimadas em adultos. A infecção por CMV predominou em pacientes infectados pelo HIV. Também 5 pacientes infectados com HIV e que tiveram Herpesviridae detectado em liquor foram a óbito. Observou-se maior frequência de encefalite e meningoencefalite entre pacientes que tiveram HSV-1 detectado em liquor (8/10 amostras,80%). Parâmetros liquóricos (citologia, teores de proteína e glicose), mostraram-se normais em algumas amostras que tiveram vírus detectados em SNC permitindo criticar a validade absoluta destes parâmetros quando analisados isoladamente em casos de infecção virótica do SNC. Os métodos de M-PCR,RT-NPCR e M-RT-N-PCR permitiram o diagnóstico rápido e confiável sendo recomendável a implantação dos mesmos para uso rotineiro no diagnóstico de infecções virais do SNC. (AU)

Processo FAPESP: 03/05292-8 - Desenvolvimento de multiplex-PCR e multiplex RT-PCR para diagnóstico de meningoencefalites por vírus
Beneficiário:Laura Patricia Mendoza Torres
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado