Busca avançada
Ano de início
Entree


Variação sazonal e espacial das características hidroquímicas, dos fluxos de nutrientes e do metabolismo na interface água-sedimento da Lagoa da Conceição (SC, Brasil)

Autor(es):
Fonseca, Alessandra
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo. [2004]. xviii,182 f., gráficos, ilustrações, mapas, tabelas.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto Oceanográfico
Data de defesa:
Membros da banca:
Braga, Elisabete Santis; Machado, Eunice C.; Soriano-Sierra, Eduardo Juan; Corbisier, Thaís; Gaeta, Airton S.
Orientador: Braga, Elisabete Santis
Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS
Localização: Universidade de São Paulo. Instituto Oceanográfico. Biblioteca Prof. Dr. Gelso Vazzoler; IO/540; F742v Tese Doutor
Resumo

Este trabalho apresenta a dinâmica e o fluxo de nutrientes dissolvidos, as taxas de produção primária e de mineralização da matéria orgânica quantificados na coluna d'água e na interface água-sedimento da Lagoa da Conceição, entre o outono-inverno de 2001 e a primavera-verão de 2001/2002. Um modelo de balanço de massa foi proposto para caracterizar as trocas de água, sal e nutrientes entre esta laguna e o mar adjacente. A Lagoa da Conceição se caracterizou por um balanço de água positivo, onde a entrada de água doce superou a perda pela evaporação. O sedimento foi determinante no balanço do material não conservativo da laguna, inserindo ou retirando nutrientes da coluna d'água numa porcentagem acima 70% em relação ao balanço calculado. Com menor grau de participação, segue a entrada do material proveniente da drenagem urbana e fluvial. O tempo de troca de água entre a Lagoa da Conceição e o mar adjacente foi o aspecto principal para a transformação e retenção da matéria dentro do sistema, a qual foi maior do que 80% para os nutrientes PID, POD, NID e NOD. O longo tempo de resistência da água, a pequena taxa de exportação dos compostos dissolvidos e a característica heterotrófica da Lagoa da Conceição, indicam a tendência deste sistema a uma degradação ambiental. Por outro lado, a incorporação de fósforo ao sedimento, as taxas de denitrificação avaliadas e a alta atividade da comunidade bêntica, apresentaram-se como mecanismos fundamentais para a manutenção das baixas concentrações de nutrientes na coluna d'água e para a reciclagem da matéria orgânica. (AU)

Processo FAPESP: 99/09247-0 - Considerações hidroquímicas e avaliação do grau de acoplamento entre os compartimentos pelágico e bêntico da Lagoa da Conceição (SC)
Beneficiário:Alessandra Larissa D'Oliveira Fonseca
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado