Busca avançada
Ano de início
Entree


Retranslocação e teores de macro-nutrientes em folhas das espécies de mangue de Guaratiba, Rio de Janeiro

Autor(es):
Corrêa, Fabio Moreira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo. [2003]. 259 f., ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto Oceanográfico
Data de defesa:
Membros da banca:
Schaeffer-Novelli, Yara; Gomes, Vicente; Hamacher, Claudia; Meirelles, Sergio Tadeu; Graça Saraiva, Elisabete de Santis Braga da
Orientador: Schaeffer-Novelli, Yara
Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia
Localização: Universidade de São Paulo. Instituto Oceanográfico. Biblioteca Prof. Dr. Gelso Vazzoler; IO/03.7; C842r
Resumo

Este estudo foi realizado no manguezal do Rio Piracão em Guaratiba, Rio de Janeiro - RJ. Teve como objetivo a determinação das taxas de retranslocação de N, P, K e Mg durante um ano e ao longo de um gradiente de inundação. Foram coletadas folhas verdes e senescentes de três espécies de mangue e amostras de sedimento em sete estações para análises químicas. Os resultados mostraram retranslocação de N variando nas três espécies entre 47,7 a 71,4%. Em relação aos resultados de P, verificou-se variação de 27,5 a 72,3%. O Mg apresentou acumulação ao longo da senescência, sendo mais intensa em A. schaueriana (6,7 a 260,4%). O potássio apresentou retranslocação variando entre 1,6 e 77,1% em R. mangle e L. racemosa, mas apresentou acumulação de 1,4 a 249% em A. schaueriana. A sazonalidade e a localização da Estação de estudo mostraram ter influência direta no processo de retranslocação, embora com intensidade variável para cada elemento e amostra. Foram detectadas correlações entre: os teores dos elementos N - P e K - Mg, entre a retranslocação em A. schaeueriana e L.racemosa e o teor de K nas folhas verdes e, entre alguns grupos de amostras e a concentração de nutrientes no sedimento. (AU)

Processo FAPESP: 00/00182-1 - Retranslocação e teores totais de macronutrientes em folhas das espécies de mangue de Guaratiba, Rio de Janeiro, suas relações com a fertilidade do substrato e com a inundação pela maré
Beneficiário:Fabio Moreira Corrêa
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado