Busca avançada
Ano de início
Entree


As glândulas acessórias nos zangões de Apis mellifera e a função dos seus produtos na regulação da fertilidade de rainhas

Autor(es):
Colonello, Nínive Aguiar
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Ribeirão Preto. [2002]. 78 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Data de defesa:
Orientador: Hartfelder, Klaus
Área do conhecimento: Ciências Biológicas - Zoologia
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS
Localização: Universidade de São Paulo. Biblioteca Central do Campus de Ribeirão Preto; Colonello, Nínive Aguiar
Resumo

A maturação das glândulas acessórias de insetos sofre regulação hormonal. HJ (hormônio juvenil) e 20E (20-hidroxiecdisona) podem atuar na regulação da síntese de proteínas específicas ou na modulação geral da síntese protéica. Os produtos das glândulas acessórias são transferidos para as fêmeas durante a cópula e podem aumentar a taxa de oviposição e/ou estimular a ovogênese. Neste trabalho, foram estudadas a participação de HJ e 20E sobre a maturação das glândulas acessórias de zangões de Apis mellifera e a ação dos produtos destas glândulas sobre a fertilidade de rainhas. O conteúdo total de proteínas e o padrão eletroforético das glândulas de zangões sem tratamento, tratados com HJIII ou 20E foram caracterizados e analisados. A dosagem de ecdisteróides da hemolinfa de zangões adultos foi realizada por radioimunoensaio. As proteínas presentes no muco das glândulas acessórias têm peso molecular entre 174 e 25 kDa. O tratamento com HJIII e 20E provocou alterações no conteúdo total de proteínas. 20E inibe o acúmulo de proteínas e prolonga ou intensifica a expressão das proteínas de 94, 71.5, 55, 27.6, 26.4 e 25 kDa, atrasando momentaneamente o processo de maturação. O título de ecdisteróides de zangões é elevado logo após a emergência, e decai para baixos níveis a partir do primeiro dia de vida. Portanto, 20E poderia exercer um controle inibidor sobre as glândulas acessórias logo após a emergência do adulto, e o aumento no conteúdo de proteínas em tomo de 5 a 6 dias estar associado ao aumento no título de HJ, que ocorre neste momento do desenvolvimento. Bioensaios foram estabelecidos para estudar a ação dos produtos das glândulas acessórias na fertilidade das rainhas. Nestes experimentos, a taxa de mortalidade das rainhas foi analisada e diferentes métodos de extração de proteínas foram testados. O comprimento dos ovócitos basais de rainhas injetadas com extrato bruto ou salina na hemocele foram medidos e comparados... (AU)

Processo FAPESP: 00/00960-4 - As glândulas de muco nos zangões de Apis mellifera e a função dos seus produtos na regulação da fertilidade de rainhas: há "sex peptides" em abelhas?
Beneficiário:Nínive Aguiar Colonello Frattini
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado