Busca avançada
Ano de início
Entree


Modulaçäo da expressäo e da localizaçäo intracelular da proteína tiorredoxina durante a morte celular induzida por óxido nítrico em linhagem celular de carcinoma cervical

Autor(es):
Arai, Roberto Jun
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo. [2002]. 98 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Escola Paulista de Medicina
Data de defesa:
Orientador: Monteiro, Hugo Pequeno
Área do conhecimento: Ciências Biológicas - Bioquímica
Indexada em: Base de Dados PHL-UNIFESP
Localização: Universidade Federal de São Paulo. Biblioteca Central da Escola Paulista de Medicina; Tese 7203
Resumo

A tiorredoxina (TRX) é uma proteína redutora multifuncional considerada um dos principais reguladores redox intracelulares. A proteína, com peso molecular de 13 kDa, participa em mecanismos de ativação de transcrição e atua na manutenção da viabilidade celular contra injúrias de natureza oxidativa, promovidas por agentes como o peróxido de hidrogênio (H2O2), fator de necrose tumoral (TNF) e o óxido nítrico. O óxido nítrico (NO) é um radical livre diatômico com capacidade sinalizadora relacionada intimamente com vários processos fisiológicos, incluindo a morte celular por apoptose e necrose. No presente trabalho, nós investigamos o envolvimento da TRX na morte celular promovida pelo NO. Nossos resultados demonstraram que o doador de NO, SNAP (S-nitroso N-acetilpenicilamina), induziu a morte celular em linhagem Hela com características apoptóticas e necróticas, na ausência da ativação da caspase-3. Em uma concentração do doador de NO, não indutora de morte celular (SNAP 250uM), observamos um aumento de transcrição e expressão da TRX, em contrapartida, em concentração do doador de NO capaz de promover morte celular (SNAP 500^), observamos a diminuição dos níveis de mRNA e expressão da TRX, com concomitante translocação nuclear. O acúmulo da TRX no compartimento nuclear sugere a ativação de fatores de transcrição sensíveis a alterações no status redox, intracelular, tais como AP-1 e principalmente NF-kB. Para analisar o mecanismo de translocação e seu envolvimento na morte celular, investigamos o envolvimento da proteína p21ras, considerado um importante fator constituinte das vias de sinalização que antecedem a ativação destes fatores de transcrição... (AU)

Processo FAPESP: 00/01820-1 - Modulação do processo apoptótico por óxido nítrico pela proteína tiorredoxina
Beneficiário:Roberto Jun Arai
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado