Busca avançada
Ano de início
Entree


Síntese enzimática de ampicilina em reator integrado

Texto completo
Autor(es):
Ferreira, Andrea Lopes de Oliveira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Carlos. [2004]. 213 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia
Data de defesa:
Membros da banca:
Giordano, Roberto de Campos; Giordano, Raquel de Lima Camargo; Gonçalves, Luciana Rocha de Barros; Araújo, Maria Lúcia Gonsales da Costa; Yonashiro, Massimi
Orientador: Giordano, Roberto de Campos; Giordano, Raquel de Lima Camargo
Área do conhecimento: Engenharias - Engenharia Química
Indexada em: Base de Dados BCo-PHL - UFSCAR; Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFSCAR
Localização: Universidade Federal de São Carlos. Biblioteca Comunitária; T660.6; F383se
Resumo

A rota enzimática para produção de antibióticos atua em condições suaves detemperatura, pressão e pH, em meio aquoso, além de ter bem menor impactoambiental. A síntese enzimática de ampicilina a partir de éster metílico defenilglicina (EMFG) e ácido 6-aminopenicilânico (6-APA) foi estudada comoalternativa à rota de produção química. O uso de enzimas imobilizadas é comumna literatura devido aos benefícios que estas apresentam em relação às enzimassolúveis: separação do meio reacional e reutilização do biocatalisador.A enzima penicilina G acilase [EC 3.5.1.11] foi imobilizada em dois diferentessuportes (sílica e agarose). O primeiro passo estudado para produção doantibiótico foi a determinação das condições ótimas de operação. Assim, estudousea influência das seguintes variáveis: pH, temperatura, concentração inicial de 6-APA, concentração iônica do meio reacional e presença de solvente orgânico(metanol). As variáveis-resposta utilizadas foram produtividade, seletividade erendimento. Os ensaios foram conduzidos segundo um planejamento fatorial 25.As variáveis que mais influenciaram nas respostas foram: temperatura, pH econcentração inicial de 6-APA. O uso de EMFG para acilação do núcleo β-lactâmico, 6-APA, resulta num sistema reativo série-paralelo, cujas reaçõesindesejadas de hidrólise (do EMFG e do antibiótico) ocorrem simultaneamente àde formação do antibiótico. Assim, a concentração máxima atingida de antibióticodepende das velocidades relativas das três reações. Observou-se que o maiorrendimento de síntese foi obtido na temperatura de 4ºC, pH 6,5, sem adição desolvente orgânico e em meio reacional de baixa concentração iônica... (AU)

Processo FAPESP: 99/12191-6 - Síntese enzimática de ampicilina em reatores contínuos, catalisada por Penicilina "G" Acilase imobilizada
Beneficiário:Andrea Lopes de Oliveira Ferreira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado