Busca avançada
Ano de início
Entree


A subfamília Lycosinae no Brasil (Araneae, Lycosidae), com notas sobre espécies ocorrentes em países limítrofes

Autor(es):
Álvares, Éder Sandro Soares
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo. [2006]. v, 236 f., ilustrações.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Brescovit, Antonio Domingos; Santos, Adalberto José dos; Gnaspini Netto, Pedro
Orientador: Brescovit, Antonio Domingos
Área do conhecimento: Ciências Biológicas - Zoologia
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS
Localização: Universidade de São Paulo. Biblioteca do Instituto de Biociências; IB/M-1231
Resumo

Dos 13 gêneros de Lycosinae originalmente registrados no Brasil, apenas cinco continuam representados no país apos esta revisão: Arctosa C. L. Koch, 1847, Hogna Simon, 1885, Pavocosa Roewer, 1955, Trochosa C.L. Koch, 1847 e Trochosula Roewer, 1955. São propostos três gêneros novos: Ayra gen. n., Guaralycosa gen. n. e Nyandesya gen. n. A.humicola (Bertkau, 1880) é transferida para Trochosa e A. pugil (Bertakau, 1880) para Hogna. Apenas uma espécie de Arctosa é conhecida para o Brasil: A. guimaraesrosai sp. n. Dingosa venefica (Keyserling, 1891) é transferida para Allocosa Banks, 1900, em Allocosinae, e Geolycosa rufibarbis (Mello-Leitão, 1947) para Hogna. O gênero Hogna é redescrito com base em sua espécie-tipo, H. radiata (Latreille, 1817). São transferidas para Hogna: H. erythrognatha (Lucas, 1836), comb. n., H. inornata (Blackwall, 1862), comb. n., H. paranensis (Holmberg, 1876), comb. n. e H. poliostoma (C.L. Koch, 1847), comb. n., H. birabeni (Mello-Leitão, 1938), comb. n., H. nervosa (Keyserling, 1891), H. nychthemera (Bertkau, 1880), H. pintoi (Mello-Leitão, 1931), comb. n., H. presumptuosa (Holmberg, 1876), comb. n., H. pugil (Holmberg, 1880), comb. n., H. rufibarbis, comb. n. e H. vulpina (C.L. Koch, 1847), todas com registros para o Brasil, além de H. horrida (Keyserling, 1877), comb. n., da Colômbia, H. pampeana (Holmberg, 1976), comb. n., do Paraguai e Argentina, H. excussa (Tullgren, 1905), comb. n., da Bolívia e Argentina e H. hyltonscottae (Mello-Leitão, 1941), comb. n., da Argetnina. Hogna auricoma (Keyserling, 1891) é transferida para Ayra gen. n., H. ornata (Perty, 1933), H. pardalina (Bertkau, 1880) e H. travassosi (Mello-Leitão, 1939) para Guaralycosa gen. n. e H. sternalis (Bertkau, 1880) para Trochosa. Hogna volxemi (Bertkau, 1880) é considerado um sinônimo júnior de H. erythrognatha (Lucas, 1836), comb. n... (AU)

Processo FAPESP: 02/11275-6 - Revisão taxonômica das espécies brasileiras do gênero Lycosa latreille, 1804 (Araneae: Lycosidae)
Beneficiário:Eder Sandro Soares Álvares
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado