Busca avançada
Ano de início
Entree


Mollusca bivalvia (Veneroida) da costa sudeste do Brasil

Autor(es):
Arruda, Eliane Pintor de
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo. [2005]. ix,266 f.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Amaral, Antonia Cecília Zacagnini; Martins, Claudio Mantovani; Passos, Flávio Dias; Fernandez, Flávio da Costa; Domaneschi, Osmar
Orientador: Amaral, Antonia Cecília Zacagnini; Domaneschi, Osmar
Área do conhecimento: Ciências Biológicas - Zoologia
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS
Localização: Universidade de São Paulo. Biblioteca do Instituto de Biociências; IB/D-1139
Resumo

A conservação da biodiversidade e o uso sustentável dos recursos naturais têm sido amplamente discutidos. Com a finalidade de conhecer a diversidade biológica e os recursos potencialmente exploráveis, foram implantados os programas REVIZEE 'Avaliação do Potencial Sustentável dos Recursos Vivos da Zona Econômica Exclusiva' e BIOTA/FAPESP - Bentos Marinho 'Biodiversidade Bêntica Marinha no Estado de São Paulo'. O presente trabalho constitui parte destes dois programas de biodiversidade, e tem como principal finalidade à análise taxonômica de espécies de bivalves da Ordem Veneroida. As coletas foram realizadas ao largo dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, em substrato não-consolidado, desde a região entremarés até cerca de 800 m de profundidade. Nas praias arenosas foram utilizados amostradores cilíndricos (0,007 m2. 0,01 m2 e 0,16 m2), e na plataforma e no talude superior foram utilizados os pegadores van Veen e box-corer, draga e rede de arrasto. Foram incluídas neste trabalho 14 famílias de Veneroida: Lucinidae, Ungulinidae, Thyasiridae, Lasaeidae, Leptonidae, Carditidae, Cardiidae, Mactridae, Tellinidae, Semelidae, Psammobiidae, Solecurtidae, Donacidae e Petricolidae. As espécies foram identificadas, redescritas e discutidas, fotografadas com câmera digital e/ou digitalizadas com recurso de uma vídeo câmera acoplada a uma lupa. Também foram realizadas ilustrações com o auxílio de uma câmara lúcida. Exemplares do Museu de História Natural da UNICAMP (MHN), Museu de Zoologia - USP (MZUSP) e Museu Oceanográfico Prof. Eliézer de Carvalho Rios (MORG) foram incluídos no material examinado. No total, 1631 indivíduos mais 99 valvas direitas e 95 valvas esquerdas foram analisadas, sendo reconhecidas 56 espécies. As descrições da maioria das espécies foram ampliadas. Foi registrada uma nova ocorrência para a costa brasileira: Kellia suborbicularis (Montagu, 1803)... (AU)

Processo FAPESP: 00/12240-6 - Mollusca, Bivalvia (Veneroida) da costa Sudeste do Brasil
Beneficiário:Eliane Pintor de Arruda
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado