Busca avançada
Ano de início
Entree


Análise da diversidade do transcriptoma da glândula de veneno da sepente Bothrops insularis: identificação e caracterização de novas proteínas através da geração de Expressed Sequence Tags (ESTs)

Autor(es):
Junqueira-de-Azevedo, Inácio de Loiola Meirelles
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo. [2003]. 162 f.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Ho, Paulo Lee; Miyaki, Cristina Yumi; Nóbrega, Francisco Gorgônio da; Farah, Shaker Chuck; Silva, Ana Maria Moura da
Orientador: Ho, Paulo Lee
Área do conhecimento: Ciências Biológicas - Bioquímica
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS
Localização: Universidade de São Paulo. Biblioteca do Instituto de Biociências; IB/D-972
Resumo

Neste trabalho foi gerado um banco de Expressed Seuence Tags (ESTs) objetivando inicialmente a caracterização parcial do transcriptoma das glândulas de veneno da serpente Bothrops insularis - Viperidae. Num momento seguinte, alguns dos cDNAs identificados e de maior relevância foram totalmente sequenciados e expressos em E. coli para uma caracterização bioquímica e biológica das proteínas recombinantes. As ESTs de 610 clones indenpendentes de uma biblioteca primária de cDNA foram montadas em 297 clusers por similaridade contra o GenBank, revelando a identificação provável de 210 diferentes produtos gênicos e a existência de outros 87 transcritos desconhecidos. As seqüências de toxinas correspondem a 56% de todos os transcritos (85 clusters), sendo as metaloproteases (23%) e o precursor dos peptídeos potenciadores de bradicinina (BPPs) (11%) os componentes mais freqëntes. Outras toxinas importantes foram identificadas, como serino proteases, L-amino ácido oxidases e um novo transcrito abundante, similar ao Vascular Endothelial Growth Factor humano (svVEGF). Esse fator foi expresso em E. coli e caracterizado, mostrando ser capaz de aumentar a permeabilidade vascular em camundongos. Além disso, uma antisoro contra o svVEGF foi produzido e mostrou a distribuição ubíqua dessa nova toxina nos venenos de várias serpentes, inclusive em Elapidae... (AU)

Processo FAPESP: 00/11077-4 - Identificação de "Expressed Sequence Tags" (ESTs) mais abundantes da glândula de veneno da serpente Bothrops insularis, a caracterização e expressão em (E.coli) de alguns cDNAs de componentes celulares ou do veneno
Beneficiário:Inácio de Loiola Meirelles Junqueira de Azevedo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado