Busca avançada
Ano de início
Entree


Emaranhamento multicolor entre feixes intensos de luz

Texto completo
Autor(es):
Villar, Alessandro de Sousa
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo. [2007]. 146 f.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física
Data de defesa:
Membros da banca:
Nussenzveig, Paulo Alberto; Caldas, Marilia Junqueira; Davidovich, Luiz; Leite, José Roberto Rios; Ribeiro, Gilberto Medeiros
Orientador: Nussenzveig, Paulo Alberto
Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra - Física
Indexada em: Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS; Biblioteca Digital de Teses e Dissertações - USP
Localização: Universidade de São Paulo. Biblioteca do Instituto de Física; IF/530.12 D; V719e
Resumo

Investigamos as propriedades quânticas dos feixes de luz produzidos pelo oscilador paramétrico ótico (OPO) acima do limiar, tanto experimental quanto teoricamente. Apresentamos a primeira medida de emaranhamento entre os feixes gêmeos, sinal e complementar. Estes podem possuir frequências óticas muito distintas, correspondentes a centenas de nanometros em comprimento de onda. O emaranhamento entre duas cores possibilita transferir informação quântica entre diferentes regiões do espectro eletromagnético. A demonstração experimental do emaranhamento foi realizada mostrando que a soma de variâncias de observáveis tipo EPR dos campos, a subtração de intensidades e a soma das fases dos feixes, viola uma desigualdade que deve ser necessariamente satisfeita por todos os estados separáveis. Mostramos a presença de squeezing em ambos os observáveis, com os respectivos valores $\Delta^2 p_- = 0,49(1)$ e $\Delta^2 q_+ = 0,65(1)$ relativos ao ruído quântico padrão. A desigualdade violada resultou $\Delta^2 p_- +\Delta^2 q_+ = 1,14(2)< 2$. Isso solucionou um problema aberto desde 1988, quando se previu teoricamente pela primeira vez a existência desse emaranhamento. Mostramos teoricamente que as correlações quânticas se estendem ao feixe de bombeio refletido pelo OPO, culminando no emaranhamento entre os três feixes envolvidos no processo paramétrico. Tem-se, assim, a geração direta de emaranhamento tripartite entre três regiões muito distintas do espectro... (AU)

Processo FAPESP: 03/11789-2 - Emaranhamento e correlações transversas no Oscilador Paramétrico Ótico (OPO)
Beneficiário:Alessandro de Sousa Villar
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado