Busca avançada
Ano de início
Entree


Verificação formal de workflows com spin

Autor(es):
Amaury Bosso André
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Computação
Data de defesa:
Membros da banca:
Lucinéia Heloisa Thom; Arnaldo Vieira Moura
Orientador: Jacques Wainer
Resumo

O gerenciamento de workflows é uma realidade atualmente, mas os sistemas atuais carecem de suporte à verificação de correção em modelos de workflow. Este trabalho visa a realização de verificações em processos, objetivando a detecção de erros sintáticos, como a existência de atividades mal modeladas, ou seja, sem condições de entrada ou de saída. É objetivo deste trabalho também a definição de verificações de ordem estrutural, como detectar se o processo de workflow não possui deadlocks (estado em que o processo trava sem possibilidade de progredir), ou verificar se existem atividades mortas no processo (atividades impossíveis de serem executadas), ou se há terminações incompletas, ou seja, transições pendentes após o processo ter atingido seus objetivos. Além de verificações sintáticas e estruturais, é necessário também a realização de verificações semânticas do modelo, ou seja, é importante que os processos possam ser validados quanto a características que dizem respeito à sua organização lógica, a um nível um pouco mais alto de informação do que simplesmente estrutural. Por exemplo, é diretamente impactante na qualidade do modelo de um processo, definir se este possui conflitos ao acesso de recursos. Dessa forma, um processo estruturalmente correto, pode ficar travado em um deadlock, devido à concorrência quanto ao acesso de um recurso comum entre atividades distintas. Além disso, verificações de restrições de custo, por exemplo, também podem inviabilizar um processo. Todas essas verificações são importantes para decidir se um processo de workflow é correto. A maior contribuição deste trabalho, é então a definição de uma modelagem de processos de workflow que possibilite a verificação de problemas sintáticos, estruturais e semânticos, todos em uma única ferramenta, que se mostra escalável para processos reais, além de possibilitar a verificação de questões ad-hoc, específicas de cada instância, como verificar ordenações entre atividades específicas, etc (AU)

Processo FAPESP: 07/57995-3 - Verificação de workflow
Beneficiário:Amaury Bosso André
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado