Busca avançada
Ano de início
Entree


O saber que tem força das fontes

Autor(es):
Brisa de Oliveira Vieira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Artes
Data de defesa:
Membros da banca:
Tatiana da Motta Lima Ramos; Suzi Frankl Sperber
Orientador: Renato Ferracini
Resumo

A mimese corpórea é uma metodologia que vem sendo desenvolvida pelo LUME - Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais - e fundamenta-se na criação de matrizes corpóreas e vocais a partir da observação de ações físicas e vocais observadas no cotidiano. O objeto da presente pesquisa consistiu na investigação prática sobre a criação de matrizes corporais e vocais criadas a exemplo mimese corpórea. As matrizes tiveram como referência o material coletado em pesquisa de campo realizada na região do recõncavo baiano em junho de 2006 e janeiro de 2008. O foco prático da pesquisa foi testar possíveis caminhos para que as matrizes resultantes do processo de criação se tornassem orgânicas. Já o foco conceitual foi descrever e entender esses processos de organicidade no processo prático. Para tanto fizemos um diálogo entre os nossos processos criativos e os do LUME. A partir da investigação dessas diferenças foi possível entender as singularidades dessa pesquisa (AU)

Processo FAPESP: 07/02092-9 - O saber que tem força das fontes
Beneficiário:Brisa de Oliveira Vieira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado