Busca avançada
Ano de início
Entree


Estimação da disponibilidade de intervalo em conexões opticas protegidas para a formulação de SLAs

Autor(es):
Gustavo da Silva Quiterio
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação
Data de defesa:
Membros da banca:
Iguatemi Eduardo da Fonseca; Gustavo Sousa Pavani
Orientador: Helio Waldman
Resumo

A relação entre os operadores do sistema de telecomunicação e seus clientes é pautada por um contrato de nível de serviço (SLA - Service Level Agreements) fixado entre ambas as partes e, o não atendimento a algum dos itens presentes nesse contrato é passível de multa. Dentre as responsabilidades fixadas neste acordo, usualmente se considera a disponibilidade, uma vez que, ao cliente interessa garantias de que a sua conexão estará funcionando adequadamente e, ao operador, limites de responsabilidade no serviço prestado. A disponibilidade pode ser definida como a probabilidade média de o sistema estar operando em um intervalo de observação que tende ao infinito. Entretanto, os SLAs são normalmente fixados para períodos de tempo inferiores a um ano, o que abre espaço para a utilização de uma métrica diferente, a disponibilidade de intervalo. A disponibilidade de intervalo é uma variável aleatória definida como a fração de uma janela de tempo finita em que a conexão permanece operante. Ela é portanto uma métrica mais eficaz para ser utilizada em SLAs. Esta dissertação investiga duas técnicas existentes para a estimação da disponibilidade de intervalo e propõe um novo método que, em determinados cenários, apresenta elevada acurácia e fácil implementação (AU)

Processo FAPESP: 04/04596-6 - Soluções arquitetônicas para a proteção e a restauração de conexões em redes ópticas
Beneficiário:Gustavo da Silva Quiterio
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado