Busca avançada
Ano de início
Entree


Extração supercritica de curcuminoides de Curcuma longa L. usando como solvente mistura de CO2 + etanol e/ou isopropanol : um estudo da cinetica e das propriedades funcionais do extrato

Autor(es):
Mara Elga Medeiros Braga
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia de Alimentos
Data de defesa:
Orientador: Maria Angela de Almeida Meireles
Resumo

A Curcumalonga L. originária da Índia contém curcuminóidesque além de corante, possuem atividade antioxidante com efeito antimutagênico, indicados no tratamento preventivo do câncer. O objetivo deste trabalho foi selecionar um co-solvente a ser obter extratos com alto teor de curcuminóides, e determinar suas propriedades funcionais tais como: ação antioxidante, antiproliferativa e antibacteriana. Os experimentos foram conduzidosnuma unidade de Extração Supercrítica (ESC) com extrator de leito fixo com diâmetro de 2,83x10-zme comprimento de 0,375m. Os experimentos foram realizados a 303,15K; os co-solventes testados foram etanol, isopropanol, e a mistura destes (50:50); a porcentagem de co-solvente de 6,39% a 16,11%; a vazão total do solvente variou entre 0,47xlO-skg/s a 4,45xlO-skg/s, e pressões de 200 e 300 bar. Os extratos foram analisados por COEM, CODIC, CCD e Espectrofotômetro-Uv. As propriedades funcionais foram obtidas medindo a atividade antioxidante (Monofalbmitate test), a ação antibacteriana (Microplate Alamar Blue Assay) e a ação antiproliferativa. Os resultados mostram a influência da origem na matéria-prima e do cosolvente quanto ao rendimento dos CC. O melhor co-solvente foi a mistura de etanol/isopropan l a 13,59% (massa) na vazão de 1,93x lO-skg/s, pressão de 300 bar e matéria-prima originária em São Paulo-Brasil, com rendimento de CC de 1,81%. A extração supercrítica produziu extratos com as frações volátil e pesada (CC). O resíduo do processo contém traços de CC o que poderiam imprimir propriedades funcionais no amido residual, classificando-o como amido especial.A atividade antioxidante foi de 80-95% de inibição para 3h de reação. A atividade antiproliferativa apresentou efeitos citostático e citocida a partir de 0,25 Jlg/mL e 250 J:!g/mLde extrato, respectivamente. A atividade antibacteriana iniciou na concentraçãodo extrato acima de 256 Jlg/mL(CIM). Palavras-chave:Curcuma longa L., curcuminóides,extração supercrítica,co-solvente (AU)

Processo FAPESP: 99/11798-4 - Extração supercrítica de curcuminoides de Curcuma longa L. com mistura de CO2/etanol/isopropanol e estudo do resíduo amiláceo/celulósico do processo
Beneficiário:Mara Elga Medeiros Braga
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado