Busca avançada
Ano de início
Entree


Estudos sintéticos visando à elucidação da estereoquímica de compostos da família das Criptomoscatonas D

Autor(es):
Roberta Lopes Drekener
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Química
Data de defesa:
Membros da banca:
Glória Lourdes Serra Lemes; Antonio Luiz Braga; Carlos Roque Duarte Correia; Lúcia Helena Brito Baptistella
Orientador: Ronaldo Aloise Pilli
Resumo

Neste trabalho descrevemos os avanços sintéticos para obtenção das Criptomoscatonas D1 (41) e D2 (42), isoladas da Cryptocarya mandioccana, para as quais não se encontram sínteses descritas na literatura e suas estruturas tridimensionais ainda não foram elucidadas. As estratégias de síntese propostas para os isômeros 41 e 42 foram baseadas em utilizar como etapa chave a reação aldólica com indução remota 1,5-anti. A primeira proposta envolveu a síntese da metil cetona (R)-153 em 8 etapas e baixo rendimento global (4,2%). Uma nova proposta sintética foi formulada e resultou na síntese da metil cetona (+/-)-157 em 3 etapas e 54% de rendimento. Esta abordagem possibilitou a construção do esqueleto carbônico de 41 e 42, de maneira diastereosseletiva. A etapa aldol utilizando a metil cetona (+/-)-157 foi realizada com sucesso, levando a formação de um aduto diastereoisomérico preferencial (+/-)-162. Já o centro estereogênico em C2´ foi formado via redução 1,3-sin empregando-se metodologia de Narasaka para a obtenção de (+/-)-165a e 1,3-anti com a utilização da metodologia de Evans para obtenção de (+/-)-165b. Após manipulações de grupos protetores e de grupos funcionais, os ésteres a,b-insaturados (+/-)-169a e b foram obtidos com a ligação dupla com geometria Z através de metodologia de Horner-Wadsworth-Emmons, com modificação de Still-Gennari. A etapa de remoção do grupo acetonídeo levando aos ésteres a,b-insaturados (+/-)-170a e b foi realizada em meio ácido brando, sendo a ciclização do anel lactônico destes produtos realizada na presença de óxido de dibutilestanho, com excelentes rendimentos em ambas as etapas. Esta abordagem permitiu a formação do composto (+/-)-171a em 6,7% de rendimento e do composto (+/-)-171b em 7,6% de rendimento, a partir do trans-cinamaldeído. A etapa de remoção do grupo protetor p-metoxibenzila, não foi alcançada utilizando-se DDQ ou ZrCl4. Desta forma, embora as sínteses dos compostos 41 e 42 não tenham sido finalizadas e, portanto, a estereoquímica dos produtos naturais da família das Criptomoscatonas D não tenha sido esclarecida, este trabalho permitiu mapear a síntese racêmica destes dois compostos de uma maneira eficiente, contribuindo para que estudos futuros possam definir as estruturas desses produtos naturais. (AU)

Processo FAPESP: 05/52976-5 - Estudos sinteticos visando a sintese e determinacao estrutural das an guinomicinas c e d e estudos sinteticos visando a sintese e determina cao estrutural da criptomoscatona d2 e epimero em c2
Beneficiário:Roberta Lopes Drekener
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado