Busca avançada
Ano de início
Entree


Metafisica X (Iota) 2 : sobre a Decima Primeira Aporia

Autor(es):
Wellington Damasceno de Almeida
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Fernando Eduardo de Barros Rey Puente; Raphael Zillig
Orientador: Lucas Angioni
Resumo

Nas páginas que se seguem, o leitor encontrará um estudo detalhado sobre aquele que é considerado por Aristóteles o mais difícil entre os impasses formulados em Metafísica III (Beta) e que é respondido no capítulo 2 do livro X (Iota): a Décima Primeira Aporia. Em tal aporia, Aristóteles rivaliza (i) a concepção que os antigos Physiologoi tinham do Um, em que tal princípio é concebido como uma natureza subjacente que extrapola os contornos demarcados pela noção de Um, e (ii) a perspectiva platônico-pitagórica, que prefere conceber o Um em si mesmo, segundo as suas próprias determinações internas e desprovido de qualquer articulação com alguma realidade que lhe seja exterior (AU)

Processo FAPESP: 07/57269-0 - O livro x (iota) da Metafísica de Aristóteles: a noção de "um" e outros conceitos correlatos
Beneficiário:Wellington Damasceno de Almeida
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado