Busca avançada
Ano de início
Entree


Ecologia de actiniários no entremarés rochoso : mensuração do tamanho, estrutura da comunidade e avaliação do deslocamento

Texto completo
Autor(es):
Andréa Angeli
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Rio Claro. 101 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro).
Data de defesa:
Membros da banca:
Ronaldo Adriano Christofoletti; Alvaro Esteves Migotto
Orientador: Fernando José Zara; Alexander Turra
Resumo

O presente estudo tem como objetivos (1) realizar avaliação metodológica para determinação da medida mais adequada para estimar o tamanho das anêmonas, (2) obter dados sobre a variação temporal na riqueza, abundância e zonação das espécies de actiniários no entremarés rochoso e (3) verificar e quantificar o deslocamento de Bunodosma caissarum. Para o objetivo (1) foram tomadas variadas medidas in situ e ex situ de B. caissarum. O parâmetro morfométrico que apresentou menor variação entre campo e laboratório foi o diâmetro do disco pedal considerado, portanto, o mais adequado para estimativas de tamanho. O objetivo (2) foi estudado sazonalmente, na Praia da Enseada, Ubatuba (SP), por meio da demarcação de estratos com diferentes distâncias do limite inferior do entremarés. As espécies presentes foram Actinia bermudensis, Bunodosoma caissarum, Anthopleura cascaia, B. cangicum, Phyllactis flosculifera e um táxon não identificado. A distribuição das três primeiras espécies, mais abundantes, foi inversamente proporcional ao aumento da distância da água. As demais espécies não foram registradas em todas as estações e, com exceção do táxon não identificado, parecem ser mais relacionadas às regiões mais distantes da água. O objetivo (3) foi realizado em campo, na Ilha Urubuqueçaba, Santos (SP), e em laboratório, ambos por meio de mapeamento fotográfico. Em campo, as anêmonas em fenda apresentaram maior velocidade do que as anêmonas expostas. Em adição, demonstrou-se que sob ventos mais fortes e maiores ondas, as anêmonas deslocaram-se menos, provavelmente pela necessidade de maior adesão ao substrato. Em laboratório verificou-se a influência de organismos em contato físico, salinidade e profundidade sobre o deslocamento... (AU)

Processo FAPESP: 08/56131-8 - Influência sazonal no crescimento, zonação, abundância e riqueza de espécies de actiniarios no entremarés rochoso de Ubatuba, SP e fatores que influenciam seu deslocamento
Beneficiário:Andrea Angeli
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado