Busca avançada
Ano de início
Entree


Um estudo sobre o processo de aglomeração urbana : Álvares Machado, Presidente Prudente e Regente Feijó

Texto completo
Autor(es):
Vitor Koiti Miyazaki
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Presidente Prudente. 171 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia.
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Encarnação Beltrão Spósito; Beatriz Ribeiro Soares
Orientador: Arthur Magon Whitacker
Resumo

Com a aceleração do processo de urbanização no país, várias cidades cresceram populacionalmente e se expandiram territorialmente de forma significativa nas últimas décadas. Nesse contexto, vários centros urbanos passaram por transformações importantes, tais como o fortalecimento dos papéis desempenhados na rede urbana, configuração de aglomerações territorialmente contínuas e intensificação das interações espaciais entre municípios diferentes. Cidades de menor porte também passam a apresentar configurações territoriais contínuas com intensas interações espaciais intermunicipais, constituindo aglomerações urbanas. A aglomeração é compreendida como o processo de junção de centros urbanos distintos, tanto pela intensificação das interações espaciais quanto pela configuração de áreas territorialmente contínuas ou com tendências neste sentido. A partir destas considerações, a presente pesquisa analisou a expansão territorial e a intensificação dos fluxos entre as cidades de Presidente Prudente, Álvares Machado e Regente Feijó, na perspectiva do processo de aglomeração urbana. Os dados coletados e organizados apontam para uma forte vinculação entre Álvares Machado e Presidente Prudente, tanto pelos fluxos quanto pela expansão territorial. Diante desses resultados, compreende-se que a aglomeração urbana, enquanto forma (materialização do processo) fica evidente apenas entre Presidente Prudente e Álvares Machado. Já Regente Feijó e Presidente Prudente apresentam, até o momento, apenas uma tendência à continuidade territorial e uma significativa intensificação dos fluxos, evidenciando um processo de aglomeração ainda em curso. Esta distinção entre forma e processo constitui-se em um ponto importante para a discussão. (AU)

Processo FAPESP: 05/56345-0 - Álvares Machado, Presidente Prudente e regente feijo: um estudo sobre o processo de aglomeração urbana
Beneficiário:Vitor Koiti Miyazaki
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado