Busca avançada
Ano de início
Entree


Fungos negros derivados de Atta spp. : diversidade e fatores de virulência

Texto completo
Autor(es):
Ana Paula Miranda Duarte
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". Instituto de Biociências.
Data de defesa:
Membros da banca:
Márcia de Souza Carvalho Melhem; Odair Corrêa Bueno
Orientador: Fernando Carlos Pagnocca; Derlene Attili de Angelis
Resumo

As formigas da tribo Attini são conhecidas como “cultivadoras de fungos” devido à complexa simbiose que mantém com um fungo basidiomiceto, cultivado como alimento. Além do fungo mutualista, cresce continuamente a lista de micro-organismos encontrados nos ninhos e na cutícula desses insetos. Recentemente, leveduras negras, relacionadas ao gênero Phialophora, foram consideradas componentes da simbiose formiga-fungo por comprometerem a habilidade das formigas em lidar com o micoparasita Escovopsis. Os fungos melanizados estão frequentemente relacionados a infecções humanas e, por isso, tem sido questionada a possibilidade desses insetos atuarem como vetores de dispersão de fungos negros patógenos no ambiente urbano. Esta dissertação marca o início de um esforço no qual procuramos investigar a diversidade de fungos negros presentes na cutícula de formigas cortadeiras, bem como verificar o grau de virulência das estirpes obtidas. Este último aspecto, ou seja, a possibilidade das formigas cortadeiras abrigarem e dispersarem micro-organismos patogênicos pode ser o início de um novo ramo de investigação. Analisando fêmeas aladas (içás) de Atta capiguara e A. laevigata, coletadas antes do início do voo nupcial, verificou-se que elas abrigam em suas cutículas uma comunidade diversa de fungos negros, como os gêneros Cladophialophora, Cladosporium, Cochliobolus, Exophiala, Ochroconis, Phaeococcomyces, Phialophora, Penidiella e Pyrenochaeta. Num segundo estudo, os resultados indicaram que leveduras negras do gênero Exophiala, presentes na cutícula de içás e em ambientes contaminados por derivados de petróleo, apresentam características que as tornam potenciais oportunistas humanos, como consistente crescimento a 40°C e produção de lacases. Espera-se que os resultados deste trabalho... (AU)

Processo FAPESP: 11/14532-9 - Produção de lacases por fungos negros isolados de formigas cortadeiras (Formicidae: Tribo Attini)
Beneficiário:Ana Paula Miranda Duarte Toledo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado