Busca avançada
Ano de início
Entree


Errância no contemporâneo : um estudo sobre a percepção de dirigentes e profissionais de instituições assistenciais em relação a andarilhos de estrada

Texto completo
Autor(es):
Eurípedes Costa do Nascimento
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Assis. 198 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Filosofia, Ciencias e Letras (Campus de Assis).
Data de defesa:
Membros da banca:
Luiz Carlos da Rocha; Soraia Georgina Ferreira de Paiva Cruz; Luis Antonio Francisco de Souza; Paulo Roberto de Carvalho
Orientador: José Sterza Justo
Resumo

A errância no contemporâneo se configura como um fenômeno complexo e multifacetado na qual os andarilhos de estrada podem ser tomados como um de seus exemplos mais radicais. Trata-se de indivíduos que percorrem longas distâncias a pé pelas rodovias do país com um saco às costas onde carregam todos os seus pertences, sem destino certo e praticamente esquecidos pelas instituições públicas e filantrópicas de assistência. Essa pesquisa teve como objetivo principal, verificar como que os dirigentes e profissionais dessas instituições assistenciais compreendem a errância dos andarilhos pelas rodovias do país. A pesquisa foi realizada em quatro instituições assistenciais no Estado de São Paulo, sendo duas públicas e duas filantrópicas. Os dados foram coletados através de um roteiro de entrevista semi-estruturado e sistematizados, posteriormente, pela técnica de análise de conteúdo. Os resultados indicaram que a percepção dos dirigentes e profissionais dessas instituições assistenciais em relação aos andarilhos de estrada se estrutura a partir de certos conceitos comuns enraizados no imaginário social da cultura brasileira, tais como: a vagabundagem, a doença mental, a desestrutura familiar e opção de vida. A doença mental aparece enfatizada nos relatos pelo fato de os andarilhos conversarem sozinhos ou por usarem álcool e drogas no cotidiano das estradas enquanto que a vagabundagem está associada a conceitos referentes à marginalidade, criminalidade e passagens pela polícia. No caso da desvinculação familiar, os relatos indicaram que as pressões sócio-econômicas seriam um dos elementos constitutivos para os andarilhos abandonarem a vida sedentária e partirem para errância nas rodovias. Quanto à opção de vida, ela estaria... (AU)

Processo FAPESP: 09/00641-0 - Errância no Contemporâneo: um estudo sobre a percepção de dirigentes e profissionais de instituições assistenciais em relação a andarilhos de estrada.
Beneficiário:Eurípedes Costa Do Nascimento
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado