Busca avançada
Ano de início
Entree


Cenas esquecidas ou Vaudeville, ópera-comique e a transformação do teatro no Rio de Janeiro, dos anos de 1840 = : Scénes négligés ou Vaudeville, ópera-comique et la transformation du théâtre à Rio de Janeiro dnas les annéss 1840

Autor(es):
Denise Scandarolli Inacio
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Raphaelle Legrand; Jean Claude Yon; Jurandir Malerba; Paulo Mugayar Kuhl
Orientador: Edgar Salvadori de Decca
Resumo

Nos anos de 1840, chegaram ao Rio de Janeiro duas companhias francesas de teatro, se instalaram em teatros da corte e começaram a apresentar um repertório bastante específico, vaudevilles e opéra-comiques. É da Compagnie Dramatique Française e da Compagnie Lyrique Française que esta tese vai se ocupar. Apesar de haver um verdadeiro silêncio sobre a trajetória desses dois grupos de artistas, o impacto que sua atuação causou nas práticas teatrais da corte brasileira é fundamental no processo de desenvolvimento de vários eixos ligados a essa arte, como a crítica artística, os regimentos das salas de espetáculos, o discurso que buscava a estruturação de um teatro nacional, a censura, o confronto com os significados do "civilizado" e dos valores franceses, etc. Dessa forma, compreender os mecanismos de atuação desses artistas franceses no Rio de Janeiro e as relações que eles estabeleceram entre as diversas instâncias ligadas à arte, possibilita entender os processos de formação cultural da corte e os diálogos estabelecidos com a arte francesa, os quais envolvem muito mais o estranhamento que o reconhecimento. (AU)

Processo FAPESP: 10/51229-0 - O teatro lirico frances no rio de janeiro durante a primeira metade do seculo xix.
Beneficiário:Denise Scandarolli Inacio
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado