Busca avançada
Ano de início
Entree


Estimação de parâmetros genéticos para produção de leite de primeiras lactações de vacas da raça Holandesa usando modelos de dimensão infinita

Autor(es):
Annaiza Braga Bignardi
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Jaboticabal. 74 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Humberto Tonhati; Carmen Silva Pereira
Orientador: Orientadora: Lúcia Galvão de Albuquerque; Coorientadora: Lenira El Faro Zadra
Resumo

Parâmetros genéticos para a produção de leite no dia do controle (PLDC) de primeiras lactações de vacas da raça Holandesa foram estimados utilizando os modelos de dimensão finita (TOMO) e modelos de regressão aleatória (MRA). A produção acumulada em 305 dias (P305) também foi analisada. Para os TOMO foram analisadas 10 características por meio de modelos uni e bi-características, que continham como aleatórios, o efeito genético aditivo e o efeito residual e, como efeitos fixos, o grupo de contemporâneos e as covariáveis idade da vaca ao parto e dias em lactação. Para os MRA, foram considerados os efeitos aleatórios genético aditivo direto, de ambiente permanente e o residual. Foram considerados como efeitos fixos, o grupo de contemporâneos, os efeitos linear e quadrático da covariável idade da vaca ao parto e a curva média de lactação da população, modelada por meio de polinômios ortogonais de Legendre de quarta ordem. Os efeitos aleatórios genético aditivo e de ambiente permanente foram modelados por meio de regressão aleatória sobre polinômios ortogonais de Legendre. Alternativamente, uma função de correlação paramétrica, estacionária e não estacionária, associada a uma função de variâncias foi utilizada para modelar a estrutura de (co)variâncias de ambiente permanente. As variâncias residuais foram consideradas através de funções de variâncias de terceira a sétima ordem ou 1, 13, 17 e 44 classes de variâncias. Um MRA com polinômio de Legendre de sétima ordem tanto para o efeito genético aditivo como para efeito de ambiente permanente e contendo 17 classes de variâncias residuais foi indicado como o melhor pelos testes comparativos, todavia um modelo com polinômio de sexta ordem para o efeito genético aditivo e sétima ordem para efeito de ambiente permanente poderia ser suficiente. As estimativas de herdabilidade (h2) para PLOC oscilaram entre 0,07 e 0,19 em análises uni-características, 0 (AU)

Processo FAPESP: 04/06422-5 - Estimação de parâmetros genéticos para produção de leite de primeiras lactações de vacas da raça Holandesa usando modelos de dimensão infinita
Beneficiário:Annaiza Braga Bignardi
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado