Busca avançada
Ano de início
Entree


Biologia reprodutiva dos gêneros Atlantoraja Menni, 1972 e Rioraja Whitley, 1939 (Chondrichthyes : Rajidae) na plataforma interna do sudeste do Brasil

Autor(es):
Maria Cristina Oddone Franco
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Rio Claro. 199 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro).
Data de defesa:
Membros da banca:
Francisco Manoel de Souza Braga; Carlos Alberto Arfelli; Roberto Goitein
Orientador: Alberto Ferreira de Amorim
Resumo

Espécimes de Rioraja agassizi, Atlantoraja castelnaui, A. platana e A. cyclophora, capturados na plataforma continental interna do sudeste do Brasil, entre as latitudes 23°37’S e 27°40’S e entre as profundidades de 10 e 146 m, foram coletados mensalmente desde março de 2005 até abril de 2006. Foi obtido um total de 278 machos e 1023 fêmeas de R. agassizi. A variação mensal do fator de condição mostrou diferencias significativas em ambos os sexos ao longo de ano. Com base na analise das estruturas reprodutivas, o comprimento total de primeira maturidade sexual foi estimado em 32,0 cm nos machos e 40,0 cm nas fêmeas. O estudo das variáveis reprodutivas ao longo do ano demonstrou a presença de um ciclo anual nesta espécie com, pelo menos, um pico na atividade reprodutiva. Para o gênero Atlantoraja, 107 espécimes de A. castelnaui, 188 de A. platana, e 770 de A. cyclophora foram coletados. O fator de condição variou significativamente ao longo do ano somente nas fêmeas de A. castelnaui. Nesta espécie, o comprimento total de primeira maturidade sexual foi calculado em 91,0 cm para os machos e em 105,0 cm para as fêmeas. O ciclo reprodutivo foi anual, com um pico de atividade no outono nas fêmeas. Em A. platana a primeira maturidade ocorreu com um comprimento total de 62,0 cm nos machos e de 71,5 cm nas fêmeas. O tamanho amostral não permitiu tirar conclussoes definitivas com relação ao ciclo reprodutivo desta espécie. Os machos de A. cyclophora atingem a maturidade sexual ao alcançar um comprimento total de 45,8 cm enquanto que as fêmeas maturam com 52,7 cm. A sua atividade reprodutiva acontece também ao longo do ano, com leves variações, em ambos os sexos. Um período de repouso sexual ovariano foi observado em R. agassizi, A. platana e A. cyclophora. A descrição das cápsulas ovígeras de R. agassizi e A. castelnaui jogou luz sobre as relações taxonômicas e filogênicas entre gêneros e espécies, sendo ... (AU)

Processo FAPESP: 03/07587-5 - Biologia reprodutiva dos generos atlantoraja menni, 1972 e rioraja whitley, 1939 (chondrichthyes: rajidae) na plataforma interna do sudeste do brasil.
Beneficiário:Maria Cristina Oddone Franco
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado