Busca avançada
Ano de início
Entree


Avaliação ultraestrutural e viabilidade celular de embriões equinos vitrificados em diferentes meios e crioprotetores

Autor(es):
Gustavo Henrique Marques Araújo
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Botucatu. 82 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.
Data de defesa:
Membros da banca:
Fernanda da Cruz Landim e Alvarenga; Márcio Teoro do Carmo; Cláudia Barbosa Fernandes; Cássia Maria Barroso Orlandi
Orientador: Cezinande de Meira
Resumo

Este projeto teve por objetivo comparar diferentes meios e crioprotetores utilizados no processo de vitrificação, avaliando a ultra-estrutura dos embriões nas diferentes fases do processo, a viabilidade celular por meio de sondas fluorescentes e a taxa de gestação destes embriões após a transferência. 0 trabalho foi dividido em uma parte in vitro na qual foram utilizados embriões <300μm divididos em: G1 (n=13) vitrificou-se os embriões com meio comercial que tem como base o meio 1 (M1) com 1,4M de glicerol, o M2 com 1,4M de glicerol e 3,6M de etilenoglicol e o M3 com 3,4M de glicerol e 4,6M de etilenoglicol; G2 (n=13): utilizou o meio preparado em nosso laboratório tendo como base o M1 1,4M de glicerol, o M2 1,4M glicerol e 3,6M de metilformamida e o M3 com 3,4M de glicerol e 4,6M de metilformamida; G3 (n=13): utilizou-se o meio preparado em nosso laboratório tendo como base o M1 1,4M de glicerol, o M2 1,4M glicerol e 3,6M de etilenoglicol e 0 M3 com 3,4M de glicerol e 4,6M de etilenoglicol. Foi realizada analise em microscopia eletrônica de transmissão dos embriões após a passagem nos meios de vitrificação e reidratação bem como após o aquecimento após um periodo minimo de uma semana de armazenamento em nitrogênio liquido. A proliferação celular foi avaliada utilizando a coloração imunocitoquimica combinada BrdU/DAPI (5'bromo- 2'deoxy-uridina/4' ,6'-diamino-phenyllindone) pós-aquecimento. Para análise in vivo foram utilizados sete embriões vitrificados do G1 e outros seis do G2, em complemento transferiram-se oito embriões frescos (não vitrificados) como controle. Os resultados laboratoriais mostraram um indice de marcação para multiplicação celular (BrdU/DAPI) de 89,86%b para o grupo controle (embriões frescos), 94,74%ª para 0 G1, 88,42%b para 0 G2 e 94,5%ª para 0 G3. Correlacionando-se o número de células marcadas com DAPI e o tamanho embrionário obteve-se o valor de r (coeficiente .... (AU)

Processo FAPESP: 07/58938-3 - Avaliação da viabilidade de embriões equinos durante o processo de criopreservação com diferentes meios de vitrificação
Beneficiário:Gustavo Henrique Marques Araujo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado