Busca avançada
Ano de início
Entree


Novas estratégias no estudo da eletro-oxidação de etanol : nanocatalisadores multimetálisos e análises dos produtos de reação

Texto completo
Autor(es):
Nathalia Abe Santos
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Quimica.
Data de defesa:
Membros da banca:
Margarida Juri Saeki; Giuseppe Abíola Câmara da Silva
Orientador: Hebe de las Mercedes Villullas
Resumo

Nesse trabalho foi realizado um estudo comparativo das propriedades físicas e eletrônicas e das atividades catalíticas para a oxidação de etanol de nanopartículas bi e trimetálicas suportadas em pó de carbono. Para a obtenção dos catalisadores as nanopartículas foram preparadas inicialmente em estado coloidal pelo método de poliol e posteriormente suportadas em carbono (Vulcan XC-72), utilizando quantidades adequadas para obter catalisadores com composição metal:carbono de 20:80 (em massa). Nanopartículas dos sistemas binários e ternários PtSn, PtRh, PtRu, PtSnRu e PtSnRh com composições atômicas nominais 70:30 e 70:15:15, respectivamente, foram preparadas misturando-se os precursores metálicos no início da síntese. Os sistemas ternários PtSn-PtRh e PtSn-PtRu foram sintetizados pela mistura de nanopartículas bimetálicas em estado coloidal antes da etapa de suporte em carbono. Os catalisadores foram caracterizados por difração de raios X (DRX), microscopia eletrônica de transmissão (TEM) e espectroscopia de absorção de raios X (DXAS). O comportamento eletroquímico geral dos catalisadores foi avaliado por voltametria cíclica em solução de H2SO4 (0,5 mol L-1). A atividade catalítica para a oxidação de etanol foi avaliada por varreduras de potencial e cronoamperometria em solução ácida de etanol (0,5 mol L-1). Para a avaliação das áreas dos catalisadores foram realizadas medidas de oxidação de CO adsorvido. Experimentos de espectroscopia no infravermelho in situ (FTIRAS in situ) foram realizados para verificar a distribuição dos produtos da reação de oxidação de etanol. O estudo mostrou que os catalisadores têm atividades catalíticas significativamente diferentes tanto para a oxidação de etanol quanto para a oxidação de CO adsorvido, sendo o material PtSn/C o mais ativo para oxidar etanol e o catalisador PtSnRh/C e PtSnRu/C são mais efetivos para oxidar CO. As medidas de FTIRAS mostraram ... (AU)

Processo FAPESP: 10/13733-8 - Novas estratégias no estudo da eletro-oxidação de etanol: nanocatalisadores multimetálicos e análises dos produtos de reação
Beneficiário:Nathalia Abe Santos
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado