Busca avançada
Ano de início
Entree


Avaliação dos mecanismos envolvidos na redução da contração vascular em aortas de ratas diabéticas: papel da iNOS e insulina.

Texto completo
Autor(es):
Simone Marcieli Sartoretto
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Eliana Hiromi Akamine; Maria Andréia Delbin; Maria Claudia Costa Irigoyen; Marcelo Nicolas Muscara; Catarina Segreti Porto
Orientador: Eliana Hiromi Akamine
Resumo

No presente estudo, observamos aumentada expressão de iNOS e de proteínas s-nitrosiladas (S-NT) em aorta (AO) e concentração de NO no plasma de ratas diabéticas (DB), que foram corrigidas pelo tratamento com insulina (INS), que foi incapaz de normalizar a glicemia. O tratamento com o inibidor da iNOS L-NIL reduziu a expressão de S-NT e a concentração de NO. A contração induzida por agonistas adrenérgicos (ADRs), mas não por cloreto de potássio, que estava reduzida em anéis de AO sem endotélio de ratas DB, foi corrigida pelos tratamentos com INS e L-NIL. A expressão dos receptores de estrógeno ESR2 e GPER estava aumentada em AO de ratas DB e foi corrigida pelo tratamento com INS. Nossos resultados mostram que o aumento da expressão da iNOS/geração de NO é responsável pela redução da contração mediada por receptor ADR, mas não daquela induzida por despolarização direta da membrana. A INS modula negativamente a expressão da iNOS e dos receptores ESR2 e GPER em aorta de ratas DB, efeito que pode contribuir com a restauração da contração induzida por agonistas ADRs. (AU)

Processo FAPESP: 09/54535-7 - Avaliacao dos mecanismos envolvidos na reducao da contracao vascular em aortas de ratas diabeticas: papel da inos e insulina.
Beneficiário:Simone Marcieli Sartoretto
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado