Busca avançada
Ano de início
Entree

PROCESSO DE OBTENÇÃO DE PROTEASE ATIVADORA DE PROTROMBINA RECOMBINATE (LOPAP) NA FORMA MONOMÉRICA; PROTEASE ATIVADORA DE PROTROMBINA RECOMBINATE (LOPAP), SEQÜÊNCIA DE AMINOÁCIDOS DA PROTEÍNA RECOMBINANTE ASSIM OBTIDA E USO COMO AGENTE DESFIBRINOGENANTE E KIT DIAGNÓSTICO PARA DESPROTROMBINEMIAS

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Ana Marisa Chudzinski-Tavassi; Cleyson Valença Reis; Paulo Lee Ho; Celso Raul Romero Ramos; Sandra Helena Poliselli Farsky; Márcio Fritzen
Depositante: Biolab Sanus Farmacêutica Ltda ; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data do depósito: 24 de agosto de 2004
Registro INPI:
PI0403882-7 - Consulta INPI
IPC: C12N 15/12 C07K 14/435 C12Q 1/37 C12N 15/10 C12N 9/64 A61K 38/48 A61P 7/04
Patente licenciada para a empresa: Coinfar
Resumo

"PROCESSO DE OBTENÇÃO DE PROTEASE ATIVADORA DE PROTROMBINA RECOMBINANTE (LOPAP) NA FORMA MONOMÉRICA; PROTEASE ATIVADORA DE PROTROMBINA RECOMBINANTE (LOPAP), SEQÜÊNCIA DE AMINOÁCIDOS DA PROTEÍNA RECOMBINANTE ASSIM OBTIDA E USO COMO AGENTE DESFIBRINOGENANTE E KIT DIAGNÓSTICO PARA DESPROTROMBINEMIAS". A presente invencão refere-se ao processo de obtenção de protease ativadora de protrombina recombinante (rLopap) na forma monomérica, a protease ativadora de protrombina recombinante (Lopap) , bem como sua sequência de aminoácidos. Da mesma forma, a invenção também se refere ao uso da referida protease para depleção de fibrinogênio no sangue bem como para o seu emprego como kit diagnóstico para desprotrombinemias. Através da presente invenção é descrita a obtenção na forma recombinante e a caracterização de uma protease ativadora de protrombina de 21kDa denominada rLopap (Lonomia obliqua prothrombin activator protease), com características de serinoproteases porém com seqüência de aminoácidos conservados na família das lipocalinas. A proteína apresenta atividade procoagulante, depletando o sangue de fibrinogênio e prolongando o tempo de coagulação do sangue/ plasma humano. É apresentada a obtenção do rLopap na sua forma recombinante e com atividade adequada para permitir ensaios de farmacologia clínica.


Processo FAPESP: 02/05874-4 - Efeito de proteases (fibrinolíticos e ativadores de fatores da coagulação) obtidos de venenos animais sobre células endotelias (HUVECs) e plaquetas.
Beneficiário:Márcio Fritzen
Pesquisador responsável:Ana Marisa Chudzinski-Tavassi
Instituição: Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Instituto Butantan
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado