Busca avançada
Ano de início
Entree

PROCESSO DE EXTRAÇÃO DE ALCALÓIDES INDÓLICOS E FRAÇÕES ALCALOÍDICAS UTILIZANDO FLUIDOS SUPERCRÍTICOS

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Maria Angela de Almeida Meireles; Camila Gambini Pereira
Depositante: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Data do depósito: 17 de agosto de 2006
Registro INPI:
PI0603833-6 - Consulta INPI
IPC: C07D 519/00 A61K 31/475 A61K 36/24 B01D 11/02
Resumo

Processo de extração de alcalóides indólicos e frações alcaloídicas utilizando fluidos supercríticos A presente invenção relata o processo de extração de alcalóides indólicos e frações alcaloídicas utilizando fluidos supercríticos e parâmetros diferenciados que aumentam eficiência da extração, obtendo fluidos mais ricos e mais puros. Esta invenção apresenta a otimização do processo de extração supercrítica de alcalóides indólicos pelo ajuste das condições de temperatura, pressão, teor e tipo de co-solvente para elaboração de alimentos enriquecidos, fitoterápicos e medicamentos. Os alcalóides em questão apresentam importante atividade terapêutica, tais como, atividades anti-tumoral, anti-inflamatória, analgésica, antioxidante, antimicobacteriano, anticancerígena, tripanomicida e leishmanicida. Com o processo aqui apresentado, verifica-se um aumento no rendimento da fração de alcalóides indólicos pelo uso da melhor condição de extração. Apresenta-se também a obtenção dos componentes desejados com mínimos riscos ambientais devido à redução do uso de solventes orgânicos e das etapas de purificação presentes nos processos convencionais.


Processo FAPESP: 01/14982-2 - Otimização do processo de extração supercrítica de alcalóides indólicos de Tabernaemontana catharinensis utilizando co-solventes
Beneficiário:Camila Gambini Pereira
Pesquisador responsável:Maria Angela de Almeida Meireles Petenate
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA)
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado