Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

EQUIPAMENTO DE CONTROLE TERMO-HIGROMÉTRICO MICROAMBIENTAL PARA ROEDORES DE LABORATÓRIO OPERANDO ATRAVÉS DO EFEITO PELTIER

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): José Luiz Bernardino Merusse; Alexandre Martinewski
Depositante: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Universidade de São Paulo (USP)
Data do depósito: 25 de fevereiro de 2008
Registro INPI:
PI0800860-4 - Consulta INPI
IPC: F25B 21/02 H01L 35/30
Resumo

EQUIPAMENTO DE CONTROLE TERMO-HIGROMÉTRICO MICROAMBIENTAL PARA ROEDORES DE LABORATÓRIO OPERANDO ATRAVÉS DO EFEITO PELTIER. O presente pedido tem por objetivo apresentar um novo sistema de condicionamento de ar para biotérios usando a tecnologia de controle atmosférico microambiental. Este novo sistema baseia-se no Efeito Peltier no qual o frio é gerado através da passagem de uma corrente elétrica por módulos termoelétricos (MT~ 1~, MT~ 2~, ...., MT~ n~) alimentados por corrente elétrica contínua, no qual uma das faces dos módulos termoelétricos é acoplada a um trocador de calor (5) o qual condiciona o ar de insuflação para os animais contidos em gaiolas (9) colocadas numa caixa de isolamento térmico (8) e a outra face dos módulos termoelétricos (MT~ 1~, MT~ 2~, ...., MT~) é acoplada a outros trocadores (6) tipo gincana, no mterior dos quais circula água de arrefecimento (13).


Processo FAPESP: 06/57002-1 - Pedido de patente de controle termo-higrométrico para roedores de laboratório (biotérios) operando através do Efeito Peltier
Beneficiário:José Luiz Bernardino Merusse
Pesquisador responsável:José Luiz Bernardino Merusse
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ)
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)