Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

PRODUTO CONSTITUÍDO DE ADITIVOS E AGENTES ATIVOS PARA ESPUMAS E REVESTIMENTO DE EMBALAGENS BIODEGRADÁVEIS OU NÃO E/OU COMPOSTÁVEIS E MÉTODO DE PREPARAÇÃO

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Patrícia Ponce
Depositante: Comissão Nacional De Energia Nuclear (CNEN) ; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Patrícia Ponce
Data do depósito: 30 de junho de 2008
Registro INPI:
PI0804862-2 - Consulta INPI
IPC: C08J 9/00 C08L 101/16 B29C 67/20 B29C 44/00
Resumo

PRODUTO CONSTITUÍDO DE ADITIVOS E AGENTES ATIVOS PARA ESPUMAS E REVESTIMENTO DE EMBALAGENS BIODEGRADÁVEIS OU NÃO E/OU COM POSTÁVEIS E MÉTODO DE PREPARAÇÃO. Pertence ao setor de formação de misturas de polímeros com aditivos para produção de artigos porosos e seu pós-tratamento, visa a substituição de embalagens sintéticas não-biodegradáveis por embalagens modernas biodegradáveis ou não de boa resistência, alta durabilidade e adesão firme da película envolvente protetora do produto nela contido por meio de aditivos e ativos incorporados e estruturas resultantes da aplicação desses adesivos sobre a espuma biodegradável ou não e/ou com postável ou em sua formulação. Agentes ativos e aditivos são utilizados na invenção, dependendo da característica a ser dada à espuma biodegradável da embalagem ou ao adesivo do filme, proporcionando resultados positivos na força de adesão do filme impermeabilizante ao substrato biodegradável, ao aumento da força de compressão da espuma após a impermeabilização com o produto; ao aumento da resistência da espuma à água e no aumento da resistência do substrato à água, ao óleo e à gordura; e outras de caráter ativo e/ou inteligente, como capacidade de absorver 02, evitando o escurecimento enzimático do produto embalado; evitar a proliferação de fungos, reduzindo o crescimento de microrganismos deterioradores e patogênicos; controlar os níveis de etileno no interior da embalagem, o que pode aumentar o tempo de vida de um alimento embalado; evitar que o alimento embalado perca peso e valor nutritivo; absorver odores e sabores desagradáveis formados nos produtos embalados; preservar a cor do alimento; absorver a energia incidente na embalagem e desativar cromóforos foto-excitados, protegendo produtos fotossensíveis da ação oxidante da luz solar e outras fontes de luz UV; incorporação de conservantes, tais como antioxidantes e acidulantes e indicadores monitores da qualidade e da temperatura do produto embalado.


Processo FAPESP: 02/07956-8 - Desenvolvimento de espumas a partir de amido e de sua aplicação como embalagem eco-sustentável
Beneficiário:Patrícia Ponce
Pesquisador responsável:Patrícia Ponce
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE

Processo FAPESP: 07/51667-4 - Formulação de adesivo para espumas de amido, celulose e derivados
Beneficiário:Patrícia Ponce
Pesquisador responsável:Patrícia Ponce
Instituição: Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN)
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)