Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

PROCESSO DE OBTENÇÃO DE ESPUMAS ATIVAS BIODEGRADÁVEIS OU COMPOSTÁVEIS A PARTIR DE FONTES RENOVÁVEIS

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Patrícia Ponce; Ademar Benévolo Lugão
Depositante: Comissão Nacional De Energia Nuclear (CNEN) ; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data do depósito: 06 de julho de 2010
Registro INPI:
PI1002499-9 - Consulta INPI
IPC: C08J 9/00
Resumo

PROCESSO DE OBTENÇÃO DE ESPUMAS ATIVAS BIODEGRADÁVEIS OU COMPOSTÁVEIS A PARTIR DE FONTES RENOVÁVEIS. A invenção refere-se a incorporação de agentes ativos e ou inteligentes aos grânulos da matéria prima da fonte renovável por meio de uma pré-gelatinização do material em processo de obtenção de produtos espumados a base de fontes renováveis totalmente biodegradáveus e/ou compostáveis, ativos e/ou inteligentes para que permaneçam estabilizados de modo a durar enquanto decorrer o prazo previsto para sua utilização. Com este processo, os agentes ativos e ou inteligentes são envolvidos pelos grânulos de amido, não propiciando sua passagem para a água de cozimento, evitando-se a perda de sua estrutura química e atividade biológica. O produto espumado da presente invenção pode ser preparado por extrusão e moldado por injeção, sopro, termoformagem entre outras técnicas utilizadas na indústria do plástico, tendo alta resistência mecânica a ciclos de resfriamento, congelamento e descongelamento, durabilidade e alta resistência à umidade e, mais importante, sem sofrer perda de atividade biológica por parte dos agentes ativos e ou inteligentes.


Processo FAPESP: 08/52030-2 - Formulação para obtenção de embalagens ativas e/ou inteligentes de fontes renováveis
Beneficiário:Patrícia Ponce
Pesquisador responsável:Patrícia Ponce
Instituição: Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN)
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)