Busca avançada
Ano de início
Entree

BIORREATOR DE ESCOAMENTO EM VÓRTICES DE TAYLOR PARA CULTIVO CELULAR

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Claudio Alberto Torres Suazo; Roberto de Campos Giordano; Patricia Aparecida Santiago
Depositante: Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)
Data do depósito: 05 de junho de 2008
Registro INPI:
PI0803630-6
IPC: C12M 3/00 C12M 1/10
Resumo

BIORREATOR DE ESCOA~NTO EM VÔRTICES DE TAYLOR PARA CULTIVO CELULAR É descrito um biorreator (100) de escoamento em vórtices de Taylor, o dito biorreator sendo constituído dedois corpos de forma essencíalmente cilíndrica, concêntricos, sendo o interno (2) rotante e o externo (1) estacionário. A partir da rotação do dito cilindro interno (2) acima de um determinado valor crítico, inicia-se a formação de vórtices toroidaís sobrepostos sobre o fluxo principal e que preenchem todo o espaço anular (d) entre os ditos dois cilindros. O escoamento em vórtices é determinado pela velocidade de rotação do corpo interno, pela razão entre os raios dos cilindros e pela viscosidade cínemática do meio. O corpo interno rotante (2) é dotado de parede externa e fixado a um eixo tubular (5) vazado para introdução de gases que deverão ser absorvidos pelo meio de cultura após difundirem através da parede de membrana tubular polimérica (6) enrolada ao redor do cilindro interno. O espaço anular (d) é ocupado em parte pela membrana tubular (6) e em parte pelo meio de cultura contendo as células em suspensão ou ancoradas a microcarregadores. O biorreator pode ser facilmente escalonado desde que seja aumentado o comprimento da membrana tubular e respeitadas as relações geométricas entre os raios dos ilindros interno r~int~ e externo r~ext~ e a razão de aspecto nos limites Razão entre os raios: N= R~int~/r~ext~, variando tipicamente de 0,1 a 0,99 e Razão de aspecto: r= L/d variando tipicamente de 0,5 a 100.


Processo FAPESP: 07/50687-1 - Biorreator de escoamento em vórtices de Taylor empregado em cultivo de célula animal
Beneficiário:Paulo Ignácio Fonseca de Almeida
Pesquisador responsável:Paulo Ignácio Fonseca de Almeida
Instituição: Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET)
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)