Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS DE PEPTÍDEOS, SECRETADOS PELAS GLÂNDULAS DO VENENO DE SERPENTES, PARTICULARMENTE DA BOTHROPS JARARACA, EVASINS, SEUS ANÁLOGOS, DERIVADOS E PRODUTOS ASSOCIADOS PARA USO COMO AGENTES MODULADORES DOS RECEPTORES DE ACETILCOLINA

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Mirian Akemi Furuie Hayashi; Antonio Carlos Martins de Camargo; Alexander Henning Ulrich; Rubén Dario Sinisterra Millán; Robson Augusto Souza dos Santos; Danielle Alves Ianzer; Raphael dos Reis Marioni
Depositante: Biolab Sanus Farmacêutica Ltda ; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Mirian Akemi Furuie Hayashi
Data do depósito: 11 de fevereiro de 2004
Registro INPI:
PI0400192-3 - Consulta INPI
IPC: A61P 25/00 C07K 2/00 A61K 38/00 A61P 1/00
Patente licenciada para a empresa: Coinfar
Resumo

"COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS DE PEPTÍDEOS, SECRETADOS PELAS GLÂNDULAS DO VENENO DE SERPENTES, PARTICULARMENTE DA BOTHROPS JARARACA, EVASINS, SEUS ANÁLOGOS, DERIVADOS E PRODUTOS ASSOCIADOS PARA USO COMO AGENTES MODULADORES DOS RECEPTORES DE ACETILCOLINA". A presente invenção caracteriza-se pelo uso das composições farmacêuticas dos peptídeos secretados pelo veneno da cobra, particularmente da Bothrops Jararaca, EVASINS, seus análogos e derivados e produtos associados como agentes moduladores dos receptores de acetilcolina. As composições farmacêuticas da presente invenção caracterizam-se por poderem atuar como agonistas, agonistas parciais, antagonistas ou moduladores alostéricos do receptor de acetilcolina. As composições farmacêuticas dos EVASINS compreendem ainda o seu uso como protetores dos receptores de acetilcolina da ação de drogas de abuso como cocaína ou fenciclicina, de toxinas como filantoxinas ou cembranóides isolados de corais ou tabaco, ou ainda de toxinas de aranhas. As composições farmacêuticas dos EVASINS caracterizam-se por poder prevenir a cocaína de se ligar ao AchR. As composições farmacêuticas dos EVASINS e seus análogos estruturais e/ou conformacionais caracterizado pela utilização dos EVASINS e seus respectivos análogos e derivados compreendem o seu uso como modelos moleculares para o desenvolvimento de fármacos e/ou composições farmacêuticas com base em compostos peptídicos e/ou não-peptídicos para uso no diagnóstico, prevenção, estudo e tratamento de doenças associadas com a disfunção dos receptores colinérgicos. As composições farmacêuticas dos referidos EVASINS, seus análogos e derivados incluídos em ciclodextrinas ou seus derivados, desta patente apresentam um aumento da biodisponibilidade, duração e/ou eficácia dos efeitos moduladores dos receptores de acetilcolina quando administrados por diferentes vias de aplicação como oral, intravenosa, intramuscular, nasal, subcutânea, transdêrmica, como exemplos não limitantes.


Processo FAPESP: 95/02850-1 - Processamento proteolítico de peptídeos bioativos e toxinas
Beneficiário:Antonio Carlos Martins de Camargo
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Martins de Camargo
Instituição: Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Instituto Butantan
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático

Processo FAPESP: 01/01088-1 - Bbps e evasins, inibidores de natureza peptidica, idênticos ou homólogos a peptídeos naturais obtidos da serpente Bothrops jararaca, com seletividade carboxílico da enzima conversora da angiotensina e ativos sobre outras vasopeptidases
Beneficiário:Antonio Carlos Martins de Camargo
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Martins de Camargo
Instituição: Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Instituto Butantan
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)