Busca avançada
Ano de início
Entree

Ana Cristina Freitas de Vilhena Abrão

CV Lattes


Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. Escola Paulista de Medicina (EPM)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui Graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Escola de Enfermagem São José (1980), Especialização em Enfermagem Obstétrica pela Escola Paulista de Medicina(1981), Mestrado em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Federal de São Paulo (1993) e Doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo (1998). Atualmente é Professor Afiliado do Departamento de Enfermagem na Saúde da Mulher da Escola Paulista de Enfermagem -Universidade Federal de São Paulo e Pesquisador CNPQ nível 2. Possui formação na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde da Mulher, Puerpério, Aleitamento Materno e Banco de leite humano. Atualmente suas atividades estão concentradas na Pesquisa e Orientação de alunos de Pós graduação. É Professora Orientadora do Programa de Pós Graduação em Enfermagem. É assessor Ad-hoc do Journal of Human Lactation, Acta Paulista de Enfermagem, Revista Latino Americana de Enfermagem, Revista da Escola de Enfermagem USP/São Paulo, Revista Texto e Contexto Enfermagem, Ciência Cuidado e Saúde, Ciência e Extensão, e da Agência FAPESP. Lider do Grupo de Estudo e Pesquisas em Pós parto e Aleitamento materno-GEPAM. Membro da Comissão Nacional de Aleitamento Materno da FEBRASGO. Membro da Associação Brasileira de Profissionais de Banco de Leite Humano e de Aleitamento materno- ABPBLH (Fonte: Currículo Lattes)

Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 16/11/2019
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.
Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: