Busca avançada
Ano de início
Entree

Jarbas Caiado de Castro Neto

CV Lattes GoogleMyCitations


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos (IFSC)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1976), mestrado em Física pela Universidade de São Paulo (1977) e doutorado em Física (PhD) pelo Massachussetts Institute of Technology - MIT (1981). É professor TITULAR de física no Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo, idealizou e montou o Grupo de Óptica do IFSC/USP em 1982, e que hoje conta com cerca de 250 participantes, entre 8 professores, dezenas de pós-doutores e estudantes de IC, mestrado e doutorado. Montou em 1984 a oficina de Óptica de precisão no IFSC/USP, única do gênero no pais, e que foi berço de diversos cases de empreendedorismo e inovações em Óptica a nível regional e nacional. Já empreendeu mais de dez empresas de tecnologias inovadoras, entre elas a Opto Eletrônica S/A que em 2012 tinha 450 funcionários e faturamento de 100 milhões de reais. Já desenvolveu diversos equipamentos óticos de precisão, para oftalmologia e para a defesa e espaço. Milhares de oftalmologistas brasileiros utilizam os equipamentos que desenvolveu na Opto, em especial os lasers para tratamento de retina que já salvaram a visão de mais de um milhão de Brasileiros. Coordenou o desenvolvimento da câmera de satélite MUX do programa CBERS que hoje propicia ao INPE as melhores imagens de pesquisa da terra. Tem experiência na área de Física, com ênfase em óptica, atuando principalmente nos seguintes temas: instrumentação ótica, lasers, inovações óticas em oftalmologia, sistema óticos para espaço e defesa e empreendedorismo. Em 2016 retornou as atividades de pesquisador tempo integral no IFSC/USP e montou o Laboratório de Inovações Optronicas para Oftalmologia e Agricultura (LIO2A) no grupo de Otica, aonde vem desenvolvendo pesquisas inéditas e de alto impacto, nas aplicações das técnicas óticas nessas duas importantes areas do mundo contemporâneo. (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 07/12/2019
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (2)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

PublicaçõesNone
CitaçõesNone
Cit./ArtigoNone
Dados do Web of Science

L. ALBERTO V. CARVALHO; J.C. CASTRO; L. ANTONIO V. CARVALHO. Measuring higher order optical aberrations of the human eye: techniques and applications. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 35, n. 11, p. 1395-1406, .

LUIS ALBERTO CARVALHO; ANTONIO CARLOS ROMAO; MARCOS STEFANI; LUIZ ANTONIO CARVALHO; JARBAS CAIADO DE CASTRO; FÁTIMA YASUOKA; FRANCISCO SCANNAVINO JÚNIOR; JUSELINO DOS SANTOS; PAULO SCHOR; WALLACE CHAMON. Preliminary results of a high-resolution refractometer using the Hartmann-Shack wave-front sensor: part I. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, v. 66, n. 3, p. 261-268, .

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

JUNIOR, Francisco de Assis Scannavino. Instrumento eletro-óptico para o estudo do sistema de inibição da acomodação ocular. 2003. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Física de São Carlos. Universidade de São Paulo (USP). São Carlos.

CARVALHO, Luis Alberto Vieira de. Desenvolvimento de um instrumento percirúrgico para ceratografia. 2001. Tese (Doutorado) – Instituto de Física de São Carlos. Universidade de São Paulo (USP). São Carlos.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: