Busca avançada
Ano de início
Entree

Robson Louiz Capretz

CV Lattes


Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Ecólogo (Unesp, 2000), Mestre em Ecologia de Agroecossistemas (ESALQ/CENA/USP, 2004) e Doutor em Geologia Regional (Unesp, 2010), tem experiência em Ecologia Florestal, Mudanças Climáticas, Serviços Ecossistêmicos e Políticas Públicas voltadas à conservação da natureza. A experiência profissional contempla Ecologia da Floresta Amazônica (PDBFF, INPA & Smithsonian Tropical Research Institute), estudos de distribuição de espécies arbóreas no Cerrado, Mata Atlântica, Restinga e Mata Mesófila (mestrado no Programa FAPESP BIOTA Parcelas Permanentes), estudos de Paleoecologia e Paleontologia (doutorado), Ecologia da Mata Atlântica e Mudanças Climáticas (SPVS, HSBC Climate Partnership & Earthwatch Institute). Atualmente é Analista Senior de Projetos Ambientais da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, com foco em Espécies Ameaçadas, Unidades de Conservação e Políticas Públicas. (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 30/11/2019
2 Bolsas no país concluídas

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

CAPRETZ, Robson Louiz. Análise dos padrões espaciais de árvores em quatro formações florestais do Estado de São Paulo, através de análises de segunda ordem, como a Função K de Ripley. 2004. 79f. Dissertação (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba. (01/11825-3)

CAPRETZ, Robson Louiz. Paleoecologia e tafonomia da floresta petrificada do Tocantins setentrional (Bacia do Parnaíba, Permiano). 2010. 172f. Tese (Doutorado) – . Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Geociencias e Ciencias Exatas. Rio Claro. (05/58444-5)

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: