Busca avançada
Ano de início
Entree

Mariana Cruz Rodrigues de Campos

CV Lattes


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia (IB)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Formada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo em 2004, com mestrado em Botânica pela Universidade Estadual de Campinas (2008) e atualmente cursando o doutorado em Ecofisiologia Vegetal na University of Western Australia. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 16/10/2021
1 Bolsas no país concluídas

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

CARLOS ALFREDO JOLY; MARCO ANTONIO ASSIS; LUIS CARLOS BERNACCI; JORGE YOSHIO TAMASHIRO; MARIANA CRUZ RODRIGUES DE CAMPOS; JOSÉ ATALIBA MANTELLI ABOIN GOMES; MARYLAND SANCHEZ LACERDA; FLÁVIO ANTONIO MÃES DOS SANTOS; FERNANDO PEDRONI; LARISSA DE SOUZA PEREIRA; et al. Florística e fitossociologia em parcelas permanentes da Mata Atlântica do sudeste do Brasil ao longo de um gradiente altitudinal. Biota Neotropica, v. 12, n. 1, p. 125-145, . (03/12595-7)

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

CAMPOS, Mariana Cruz Rodrigues de. Relação da composição e estrutura do componente arbóreo com variáveis microtopográficas e edáficas da Floresta Ombrófila Densa do Núcleo Picinguaba/PESM, Ubatuba/SP.  51 f. Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Biologia.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  Campinas.  (06/52519-6

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: